Como Juntar Dinheiro de Forma Rápida

Juntar dinheiro pode ser uma grande dificuldade para quem não tem o hábito de economizar. Confira.

Publicidade



É preciso controlar as despesas e cortar os gastos supérfluos. Cuidar das finanças pessoais, porém, não é um bicho de sete cabeças. Para juntar dinheiro de forma rápida, a primeira dica é começar devagar. Parece um contrassenso, mas o conselho é depositar uma parte do salário (dez por cento, por exemplo) logo que ele for recebido.

Como Juntar Dinheiro de Forma Rápida

juntar dinheiro


Se o dinheiro for mantido no bolso ou à disposição na conta bancária, o risco dos gastos desnecessários se torna muito grande. Aliás, deixar os cartões de crédito e débito na gaveta ao sair para as compras também ajuda a juntar dinheiro de forma rápida: evita as compras por impulso, as principais responsáveis para o desequilíbrio do orçamento.

Pode parecer pouco, mas um chocolate, um salgadinho, um congelado – sempre comprados sem necessidade imediata – aumenta em muito os gastos com alimentação, que comprometem boa parte da renda dos brasileiros.

Luxos e excessos, é necessário?

Todo mundo tem direito a alguns luxos, mas é preciso controle. Uma refeição em família, no aconchego do lar, custa muito menos do que a ida a um restaurante.

Além disto, existem outras vantagens: o tempero exclusivo, a possibilidade de dividir as tarefas e curtir os parentes, inclusive reunindo as crianças para uma atividade lúdica, como preparar uma salada de frutas, ou mesmo uma simples gelatina.

Eventualmente, podemos cometer alguns excessos, desde que eles caibam no orçamento. Outras providências também ajudam a juntar dinheiro: reduzir o tempo do banho, aproveitar melhor a luz solar, apagar as luzes em ambientes desocupados, retirar os aparelhos eletroeletrônicos da tomada, por exemplo. Além de ajudar a economizar, estes gestos simples são sustentáveis.

Como juntar R$2.756 reais em 1 ano?

guardar dinheiro em 1 ano

Dívidas, como combate-las?

Evite ao máximo fazer dívidas, como compras a prazo. O crédito rotativo do cartão de crédito é um “pecado” para quem quer juntar dinheiro: os juros chegam a 20% ao mês. Isto significa que, ao optar pelo pagamento mínimo, a fatura do mês seguinte pode vir com um valor idêntico.

É importante lembrar que o limite do cartão ou do cheque especial não podem ser acrescentados aos rendimentos pessoais. São comodidades, tornam as compras maias rápidas e seguras, mas só podem ser utilizadas em situações de emergência.

Quem já tem dívidas, especialmente as inscritas em serviços de proteção de crédito, precisa procurar os credores e negociar a quitação. Financeiras, operadoras de cartões e mesmo lojas de varejo sempre preferem receber parte do dinheiro a não receber dinheiro nenhum. Se for possível, troque as dívidas com bancos por empréstimos pessoais, em que os juros são mais baixos.

dinheiro no cofrinho

Futilidades do dia a dia

Não há como fugir delas: cinema com pipoca e refrigerante, passeios em parques de diversões, visitas ao shopping center e muitas outras fazem parte do dia a dia da maioria das pessoas. Não é necessário renunciar completamente a elas, mas, duas ou três vezes por mês, é possível promover uma “sessão de cinema” em casa.

Uma família de quatro pessoas pode gastar R$ 100 apenas com os ingressos para assistir a um filme.

Passeios em parques públicos são baratos, agradáveis e fortalecem a convivência de parentes e amigos. O ambiente ao ar livre é mais saudável do que dos corredores refrigerados dos shoppings. Em vez da praça de alimentação, por que não um piquenique na praça?

Quem passa o dia inteiro fora de casa gasta muito do salário com refeições. Sempre que possível, porém, é preferível levar a comida feita em casa. Alimentação não pode ser considerada uma futilidade, mas as marmitas e quentinhas consomem muito menos dinheiro; além disto, têm sabor caseiro.

Leia: Planejando a Aposentadoria para Ficar Tranquilo no Futuro

Na hora das compras, é necessário dar preferência aos produtos frescos, aproveitando a sazonalidade. Eles são muito mais baratos e também mais ricos em nutrientes. Vegetais da região sempre têm preços mais razoáveis.

Ao voltar para casa, guarde o troco do mercado ou feira livre. Boa parte dos nossos recursos é desperdiçada em gastos fúteis com as moedas e cédulas de pouco valor deixadas no bolso (ou na bolsa): calcule estes desperdícios por uma semana, para verificar a possibilidade de poupança.

Confira: Como Comprar Ações na Bovespa e Ganhar Dinheiro


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

5 comentários em “Como Juntar Dinheiro de Forma Rápida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *