Jovem Aprendiz – O que é, Como Participar, Inscrições

Trabalhar e consequentemente ter o seu próprio dinheiro é sinônimo de independência para muitas pessoas. Pensando nisso, cada vez mais jovens buscam começar a trabalhar mais cedo, visando ter grana para comprar as suas próprias coisas. No entanto, há uma limite de idade para ingressar no mundo do trabalho.

Publicidade



Afinal de contas, o jovem está em fase de desenvolvimento e estudo, que não pode ser prejudicada pelo trabalho.

Com o intuito de regulamentar a entrado do jovem no mercado de trabalho e evitar que ele sofra abuso pelas empresas, o Ministério do Trabalho criou o programa Jovem Aprendiz, em que o público entre 14 e 24 anos pode trabalhar, seguindo uma jornada de trabalho específica e tendo uma série de direitos respeitados, o que possibilita que os interessados possam trabalhar sem sofrer nenhum transtorno.


jovem aprendiz inscrição

Você é jovem está pretendendo entrar para o mercado de trabalho? Uma boa alternativa é recorrer ao programa Jovem Aprendiz, mas antes de começar a trabalhar é recomendado saber mais sobre esta modalidade, o que lhe permite conhecer melhor os seus direitos, evitando ser passado para trás. Por isso, acompanhe abaixo, mais informações sobre o que é o Jovem Aprendiz:

O Que é Jovem Aprendiz?

O Jovem Aprendiz se caracteriza por ser um programa de aprendizagem desenvolvido pelo Ministério do Trabalho e Emprego, que contempla os jovens entre 14 e 24 anos de idade, sendo definido como uma política de juventude, que desempenha o papel de diminuir o nível de desemprego entre os jovens, além de protegê-los de possíveis abusos trabalhistas como, por exemplo, trabalho escravo entre menores de 18 anos de idade.

Além disso, o programa Jovem Aprendiz foi desenvolvido para ampliar as oportunidades de emprego para adolescentes e jovens, visto que a formação técnico-profissional é capaz de aumentar a inserção no mercado de trabalho, especialmente para o primeiro emprego, que contribui para a formação do indivíduo, fazendo com que ele ganhe experiência e tenha uma carreira mais promissora no futuro.

+ Leia também se você for jovem: Sem Experiência Profissional: o que colocar no currículo?

Para entrar para o Jovem Aprendiz, o jovem tem que estar matriculado em um curso de aprendizagem profissional e ser admitido por um estabelecimento de qualquer modalidade, desde comercial até administrativa, que deve contar um quadro de funcionários que seja regido pela CLT, sendo necessário se comprometer a executar as tarefas com afinco, visando a sua formação.

No contato de Jovem Aprendiz, é preciso que todas as informações estejam dispostas com clareza. Este documento tem que expressar que tipo de curso, ou seja, função o jovem em questão irá desenvolver, qual a jornada diária de trabalho que irá cumprir, a remuneração mensal, além das normas específicas de cada empresa.

Qual é a Relação entre Jovens Aprendizes e Empresas?

Ao ser contratado por uma empresa, será estabelecida uma relação entre ela e o cidadão. Em primeiro lugar, o jovem será visto pela instituição como o aprendiz de um determinado ofício, devendo receber orientações para aprender como desenvolver tal atividade do modo correto. As instituições contraentes devem ser reconhecidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego para que possam oferecer certificado após o término do contrato.

quanto ganha um jovem aprendiz

Quanto é o Salário do Jovem Aprendiz?

Segundo a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), ao ser contratado na categoria de Jovem Aprendiz, o jovem deve receber um salário mínimo-hora, que, obviamente, deve levar em consideração o piso estadual, caso este exista na região em que a empresa contratante está instalada.

+ Leia: Quanto Ganha um Jovem Aprendiz

Porém, é perfeitamente possível, que o Jovem Aprendiz receba mensalmente um salário maior do que o mínimo caso a empresa queira estipular isto por meio de contrato. Além disso, a pessoa também tem direito à aulas práticas e teóricas, devendo receber descanso semanal remunerado e feriados.

Limite da Jornada de Trabalho do Jovem Aprendiz?

Como o próprio nome diz, o programa Jovem Aprendiz tem um caráter de aprendizagem, logo não deve ter a jornada de trabalho de um emprego comum. Portanto, a CLT determina que os jovens participantes deste programa devem trabalhar, no máximo, 6 horas por dia para aqueles que ainda não concluíram o Ensino Fundamental.

Já, aqueles que concluíram esta etapa de ensino podem cumprir, no máximo, 8 horas diárias de trabalho.

Quais São os Benefícios do Jovem Aprendiz?

Assim como os demais tipos de empregados, o Jovem Aprendiz também tem direitos a determinados benefícios, tais como: o vale-transporte para que possa se deslocar de casa até a empresa, férias ao completar um ano de trabalho, 13º salários e FGTS.

vagas para jovem aprendiz

Quem Contrata Jovem Aprendiz?

As empresas de todas as naturezas, públicas ou privadas, podem contratar funcionários para trabalhar como Jovem Aprendiz, desde que estejam cadastrados no Ministério do Trabalho e Emprego nesta categorias. Algumas das organizações que prestam esta modalidade de emprego são os bancos, Correios, redes de supermercados, entre outras.

+ Mais informações: Como ser Jovem Aprendiz em Banco – Salário, Como Participar


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *