Curso de Segurança e Vigilante


A violência está crescendo, mesmo nas grandes cidades. O curso de segurança e vigilante profissionaliza um número cada vez maior de pessoas.

Curso de Segurança e Vigilante

Segurança e Vigilante

A profissão de segurança, vigilante ou vigia é reconhecida pela legislação brasileira desde 1983. A lei 7.102, que criou a carreira, também determinou que nenhuma instituição financeira ou de guarda e transporte de valores pode prescindir da presença de vigilantes em todo o período de funcionamento. Nas instituições públicas, no entanto, a segurança deve ser feita por policiais militares e federais.

Publicidade




Mesmo assim, há muitas vagas disponíveis: o Ministério da Justiça calcula que 540 mil profissionais estejam exercendo as funções de vigilante e segurança no país.

A partir de 2012, foi garantido (também por força de lei) o pagamento do adicional de periculosidade, de 30% sobre os salários, além das gratificações, horas extras e outros benefícios.

Em geral, o serviço de vigilante é terceirizado: empresas especializadas prestam serviço a bancos, lojas, grandes e pequenas empresas e condomínios residenciais. Para se candidatar ao emprego, é preciso realizar um curso de segurança. Diversas prestadoras de serviço formam seu próprio pessoal, mas existem escolas presenciais e online que treinam vigilantes e seguranças. Um exemplo é o curso oferecido pelo site www.cursogratisonline.com.br. Mesmo assim, muitas atividades precisam da presença do aluno na escola. As aulas básicas são feitas pela internet e os treinamentos, nos estandes de tiro, academias, etc.

vigilante

As Exigências para se Tornar um Segurança ou Vigilante

Para se matricular em um curso de segurança e vigilante, é preciso ser maior de 21 anos, ter concluído ao menos o sexto ano do ensino fundamental, estar em dia com as obrigações militares e eleitorais. Os candidatos também precisam obter certidões negativas das justiças federal e estadual, atestado de antecedentes criminais, além dos documentos pessoais (carteira de trabalho, identidade, CPF, título de eleitor com os comprovantes da última votação, justificativa pela abstenção ou comprovante de pagamento da multa).

Em geral, os cursos de segurança e vigilante têm 150 horas de duração, em que são abordadas noções de segurança privada, legislação, direitos humanos, atendimento a clientes, utilização de armamentos, prevenção e combate a incêndios, defesa pessoal, educação física, vigilância, radiocomunicação e criminalística. Todos os alunos são submetidos a exames médicos e clínicos.

A cada dois anos, é preciso se submeter a cursos de requalificação (de 30 horas de aula, sendo dez de tiro). Tanto para o curso de formação como para os de atualização, é preciso que a escola seja autorizada a funcionar pelo Ministério da Justiça, através da Polícia Federal. Portanto, é preciso verificar as credenciais da escola antes de efetuar a matrícula. A maioria das escolas oferece bancos de emprego e é muito difícil que um aluno considerado habilitado não saia do curso de vigilante e segurança sem já ter obtido um emprego. O salário médio é de R$ 1.000 (o valor varia de acordo com o porte da empresa e da região do país).

Se o candidato pretender trabalhar dirigindo carros fortes, é preciso ter carteira de habilitação B. Para o transporte de valores, é necessário um curso de extensão específico, com 50 horas de aula. Também está disponível o curso de liderança (20 horas, em média), para coordenar equipes.

Vivemos, atualmente, cercado por muita violência e já não conseguimos encontrar a segurança necessária para ficar até mesmo dentro de nossas casas. Visando oferecer uma maior segurança a população, foram criados os cursos de vigilantes com o intuito de minimizar esse tipo percalço, dando conforto e bem-estar as pessoas que desejam ir a bancos ou a qualquer outro lugar onde exista a necessidade de segurança.

Caso você deseje trabalhar no ramo da segurança é necessário fazer o curso de vigilante, pois o mercado precisa de profissionais que atendam as suas exigências, ou seja, que tenha iniciativa, bom senso e discernimento para poder desempenhar, com eficácia, os mais variados problemas que se possa encontrar na profissão de segurança.

Para se inserir no curso de formação de vigilante é necessário ser maior de 18 anos e que você apresente os seguintes documentos: Xerox do histórico escolar comprovando a 4ª série no mínimo, Certificado de Reservista, comprovante de residência, Xerox da Identidade, CPF, Título Eleitoral, Certidão da Justiça Militar, Certidão Negativa de Quitação Eleitoral, Atestado médico com carimbo, 01 foto 3X4, Carteira de Trabalho e Antecedentes criminais Polícia Civil.

Segurança

Dentro do curso de segurança e vigilante, existem sub áreas: Curso de segurança patrimonial, curso de segurança pessoa, curso de segurança privada e até mesmo curso de segurança armada.

Instituições de segurança, de grande sucesso, que formam sempre ótimos vigilantes são a GAT: www.gatvigilantes.com.br e a Forbin: www.forbin.com.br.  Que também oferecem outros cursos no setor da segurança como, por exemplo, curso de auto defesa desarmada, curso de combate com facas, curso de combate corpo a corpo, curso de especialização em segurança bancária, curso de extensão em escolta armada, curso de extensão em segurança pessoal privada e reciclagem.

Vigilante

Os cursos de vigilantes oferecidos por essas duas instituições, GAT e Forbin, darão ao aluno grandes chances de se inserir no mercado de trabalho, pois elas têm parcerias com muitas empresas de segurança privada, encaminhando os formados conforme a demanda do mercado.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

30 comentários em “Curso de Segurança e Vigilante

  1. Estou interessado no Curso de Segurança e Vigilante, gostaria de saber qual seria o Valor do Curso e quando poderia começar.
    tenho alguns anos de experiência na aréa.

  2. Olá, muito boa a informação, porem vou comentar alguns pontos, cursos online e EAD não tem validade para formação de vigilantes, são até ilegais, somente cursos presenciais por academias autorizadas e registradas junto a Policia Federal, para pode participar do Curso de Formação de Vigilantes a idade mínima não é 18 anos e sim 21 anos, alem do atestado médico físico citado é preciso o exame psicológico especifico, também atestados de antecedentes sem nenhuma restrição da Policia Civil, Vara Execuções Penais ou Fórum de sua região, Justiça Eleitoral, Federal e Militar,Carteira de Identidade emitida no Estado da Federação qual fara o curso e demais documentos comuns, depois de concluso e aprovado, o cursando tem seu certificado enviado a PF e registrado pela PF, somente então e quando contratado em uma Empresa de Segurança e Vigilância, obrigatoriamente o Vigilante tem de ser registrado pela empresa e ou registrar-se junto a Delegacia Regional Trabalho- DRT – para ter a regulamentação da profissão DRT na CTPS e também solicitar ou pedir solicitação a empresa que esta trabalhando, para emissão da Carteira Nacional de Vigilante – CNV, junto a POLICIA FEDERAL, estes são quase todos os tramites, ai vem se a pessoa realmente é para profissão, pois depende onde, quando e a sorte, o Vigilante passara por situações de alto risco de morte, teste de nervos, privações de sono, horario e “liberdade”, mais tem os prós não é só os contras.

  3. Entao, um sonho meu e tambem trabalhar mostra meu modo de ser respeitar o prossimo e ser respeitado . Tenho um proposito é ser um segurança!

  4. OLÁ BOA TARDE!!MEU NOME E EDILMA,ESTOU A MUITO TEMPO QUERENDO FAZER ESTE CURSO,MAIS ME FALTAVA TEMPO,AGORA ESTOU DESIMPREGADA E ESTOU QUERENDO MUITO FAZER ESTE CURSO.GOSTARIA DE SABER QUAL O LUGAR MAIS PERTO DE VCS.SOU DE ANGRA DOS REIS.OBRIGADO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *