Hobbies que Podem Virar Atividades Profissionais

Muitas vezes, hobbies se transformam em carreiras. É preciso cuidado para administrá-las.

Publicidade



Um hobby pode se transformar em negócio, virar uma carreira, dependendo de uma série de fatores. O primeiro deles é a vocação para o empreendedorismo: fazer o que se gosta é muito bom, mas é preciso pensar em uma série de atividades não relacionadas diretamente à atividade.

Um bom cozinheiro, por exemplo, pode se tornar fornecedor de refeições prontas, mas é preciso articular toda uma logística: prover estoques, definir as estratégias de distribuição, dimensionar formas de pagamento. Sem isto, é melhor continuar impressionando os parentes nos fins de semana: muitos hobbies nunca se tornam empreendimentos lucrativos – por não haver um mercado para eles ou por inabilidade de produzir em escala.


hobbies

Hobbies que Podem Virar Atividades Profissionais

A capacidade de “sair” do próprio hobby também é importante. Um colecionador de bonecas antigas, de carros de época ou de relógios e telefones que não consiga pensar na possibilidade de produzir réplicas certamente não é um bom negociante.

Esta capacidade pode até gerar um negócio de compra, venda e restauração – bastante limitado –, mas a produção de réplicas e miniaturas é onde está o lucro que permite a viabilidade comercial. Para quem quer gerar um negócio, o purismo precisa ficar de fora.

O sucesso em transformar hobbies em profissões de sucesso chega da combinação entre a paixão pela atividade e o planejamento estratégico. Quem adota um hobby – qualquer um – acaba se tornando um especialista no assunto, e isto traz valor a qualquer negócio. Isto também é útil para quem quer conseguir projeção no seu negócio.

hobby

Pode dar errado?

Talvez o principal aspecto negativo seja a limitação que muitos sofrem ao transformar um hobby em profissão seja a posição de “eu sei, você não sabe”, que muitos adotam ao tornar o passatempo em um negócio. Certo nível de altivez em relação aos clientes pode prejudicar as vendas. Isto, no entanto, ocorre com especialistas de qualquer área.

+ Leia: Como Fazer Cupcakes e Ganhar Dinheiro

O contrário também é prejudicial: subestimar a experiência e imaginar que qualquer pessoa poderia fazer o que o cultivador do hobby faz. A saída, nestes casos, é desistir do negócio, por achá-lo banal. De volta ao exemplo do cozinheiro, o bom mestre cuca pode entender que o seu dom é comum a todos; os pratos espetaculares feitos por ele podem ser fatos corriqueiros, que qualquer um pode imitar. Portanto, ninguém se interessaria em pagos por eles.

É preciso ter excelente autocrítica para obter sucesso em uma nova profissão, nem se considerar o top dos tops, nem desvalorizar as próprias qualidades. Nem considerar as refeições preparadas como um banquete do Olimpo, nem desvalorizá-los a ponto de apressá-las abaixo dos custos de produção, com evidente prejuízo.

cupcakes

Outro ponto a considerar é o foco extremo no hobby. Um decorador com muitas ideias criativas não pode ignorar os desejos e opiniões do cliente. É possível aconselhar o contratante, mas, se ele insistir em pintar as paredes da sala de verde-limão e roxo berinjela, é preciso acatar as decisões.

+ Confira: 10 Formas de Ganhar Dinheiro Extra nas Horas Vagas

Por fim, o hobby é algo extremamente agradável para ser praticado por uma ou duas horas por dia. antes de transformar o hobby em carreira, é preciso analisar se a atividade continuará a ser prazerosa, quando praticada por oito horas diárias (ou mais).

É preciso considerar a pressão da clientela, a necessidade de contratar empregados, de pensar nas atividades de marketing, nas finanças, nos horários irregulares, nas vendas, no atendimento ao cliente. Nosso cozinheiro hipotético precisa pensar se quer realmente passar horas colado a um fogão, enquanto dezenas de clientes esperam as refeições.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *