Trabalhar em Casa com Artesanato

Cursos Gratuitos // Cursos de Artesanato, Dicas // Trabalhar em Casa com Artesanato



Quem tem habilidades manuais pode ganhar um bom dinheiro com a produção de artesanato em casa. Confira as dicas que preparamos para você que deseja trabalhar em casa e adora artesanato.

Tudo começa na confecção de peças pessoais. Tricô, crochê, bordado, bijuterias feitas sem nenhum interesse comercial, em determinado momento, tornam-se objeto de interesse de um amigo, vizinho ou colega de trabalho. Quase sempre é assim que têm início os empreendimentos de artesanato que, como regra, são estabelecidos em casa.

Artesanato

Trabalhar em Casa com Artesanato

É preciso muita pesquisa, no início, para saber quais os produtos mais comercializados e também observar a sazonalidade: por exemplo, de nada adianta investir na produção de tricô e crochê se a cidade sediará em breve uma feira de agasalhos. É mais que provável que os preços dos produtos oferecidos no evento serão mais baixos do que os praticados pelo empreendedor individual.

Publicidade

Criar peças exclusivas ou personalizadas também garante um impulso aos negócios. É preciso lembrar-se de que é necessário organizar um espaço, em casa, não apenas para a produção do artesanato, mas também para estocar as peças criadas de modo adequado: um cômodo deverá ser destacado exclusivamente para as atividades.

Dicas para vender seu artesanato na internet

A confecção de objetos de decoração, bijuterias e roupas (inclusive customizadas) sempre foi uma atividade caseira. A diferença, nestes tempos de globalização, é que é possível montar um site para oferecer os produtos. Existem opções gratuitas, mas, de qualquer forma, os valores para manter um site no ar são baixos. Páginas nas redes sociais também impulsionam os negócios.

Todas as páginas precisam expor boas fotos. Quem não tem prática nos cliques digitais deve optar por fundos brancos, apenas com o produto em destaque. Quem é mais experiente, pode arriscar-se em fotografias com modelos e ambientes. É preciso destacar sempre que os produtos podem ser alterados de acordo com a vontade dos compradores.

Como Trabalhar com Artesanato em Casa

Para trabalhar em casa com artesanato, organização é fundamental. Não basta apenas confeccionar os produtos: é preciso verificar os custos de envio, embuti-los no preço final para garantir o lucro e muita perseverança: os clientes pagaram pelo produto e estão aguardando a chegada. Atrasos serão um depoimento contra a empresa caseira.

Para o pagamento, também existem opções baratas. Pode-se optar pelas transferências bancárias, mas o ideal é contratar um conta vendedor, no PayPal ou PagSeguro. Com pequenas taxas de administração, os pagamentos são simplificados para o vendedor e o consumidor.

As atividades do artesão não precisam se limitar à internet. Os produtos podem ser vendidos em feiras de artesanato e lojas de bijuterias ou decoração. Nas grandes cidades, sempre são realizadas grandes feiras, em que é possível realizar bons negócios.

Para tanto, é fundamental possuir uma máquina para débito e crédito: não é possível perder compras porque o cliente não tem dinheiro vivo à mão: artesanato é, principalmente, uma compra por impulso: quase sempre, o cliente não precisa da peça exposta, apenas a deseja.

Os preços praticados devem ser competitivos. Pesquise os preços praticados pela concorrência e tente manter os seus próximos a eles. No entanto, não deve haver prejuízo: verifique os menores custos da matéria prima utilizada na produção (sem comprometer a qualidade do produto final) e o tempo destinado à criação.

+ Confira também:

Por exemplo, uma bijuteria pode ser finalizada em uma ou duas horas, enquanto um blusão de tricô demanda três dias. É evidente que o valor da mão de obra da segunda peça será maior: inclua, no preço final, um valor para as horas de trabalho consumidas na produção.

Artesanato

Como vender meu artesanato?

Os principais clientes em negócios de artesanato, bijuterias, roupas e objetos de decoração são os amigos e parentes, pelo menos no começo. O negócio tem início com as vendas diretas. Isto, no entanto, tem um efeito multiplicativo: o amigo do amigo vê a peça, gosta e quer obter outra semelhante.

Vender seu artesanato em armarinhos e lojas que comercializem produtos da mesma linha podem ser uma ótima oportunidade. Os itens podem ser oferecidos em consignação: a loja só pagará os produtos efetivamente vendidos. É um contrato de risco que pode abrir novas portas de negócios. Vale a pena pensar na idéia!

Além dos sites e páginas promocionais, existem classificados e leilões virtuais em que os produtos podem ser oferecidos. Um blog com receitas básicas, anunciando peças mais elaboradas, é um excelente chamariz para vendas.



Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos
| categoria: Cursos de Artesanato, Dicas Tags: , , artesanato, olx trabalhar em casa artesanato
Comente no Facebook

Participe você também, Faça um Comentário!

Copyright © CURSOS GRATUITOS | CURSOS ONLINE GRATIS. Todos os direitos reservados .
Desenvolvido por Curso Gratis Online...