Tecnólogo em Construção Civil

O primeiro bacharelado tecnológico implantado no Brasil foi o de construção civil, em 1969.

A legislação brasileira prevê a instituição de cursos para a formação de tecnólogos desde 1946, com a promulgação da constituição que devolveu o país à normalidade democrática, após a queda do Estado Novo (ditadura implantada por Getúlio Vargas em 1937). No entanto, foram necessários mais de 20 anos para que a primeira instituição de nível superior, a Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC), criasse o curso de tecnólogo em construção civil, nas modalidades Edifícios, Obras Hidráulicas e Pavimentação. O curso foi reconhecido pelo Ministério da Educação em 1973, com a conclusão da primeira turma.

Tecnólogo em Construção Civil

aTecnólogo em Construção Civil



Trata-se de uma formação em nível superior e, portanto, o certificado dá direito ao prosseguimento dos estudos em especializações e pós-graduação. O tecnólogo em construção civil planeja, gerencia e executa a construção de edifícios comerciais, industriais e residenciais. Para isto, ele acompanha e orienta as atividades das equipes nos canteiros de obras, projeta e acompanha o orçamento, além de gerenciar o uso do material e dos processos empregados.

O trabalho, realizado em conjunto com arquitetos e engenheiros civis, tem início na escolha do terreno e só termina com a colocação dos pisos e revestimentos.

O profissional pode atuar em obras privadas e públicas, como, por exemplo, a implantação de redes hidráulicas, para fornecimento de água e esgoto em empreendimentos particulares e estatais, determinando a escavação de valas, colocação de tubulações e aterro. O tecnólogo em construção civil também atua na conservação e manutenção destas redes.

O déficit habitacional brasileiro e os problemas de infraestrutura garantem o mercado de trabalho para este tecnólogo. Pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, realizada em 2012, indica que o país precisa construir 7,9 milhões de residências. Apenas na cidade de São Paulo, existem mais de 1.600 favelas, em que milhares de pessoas vivem em condições precárias. O índice de empregabilidade muito alto: de acordo com a FATEC, 94% dos concluintes do curso já atuam na área.

Tecnólogo em Construção Civil

Construtoras valorizam candidatos com conhecimentos em administração de obras, controle de qualidade, habilidades para a análise da viabilidade financeira do empreendimento, além das qualificações técnicas sobre processos de construção e leitura de projetos. É importante também dominar o desenho técnico, inclusive com o uso de programas de computador (como o CAD). Especializar-se no dimensionamento de instalações elétricas e hidráulicas, sistemas de ar-condicionado, elevadores, instalação de peças metálicas e de madeira, entre outras, permite o destaque no mercado de trabalho e a conquista das melhores posições.

O curso (também chamado tecnologia em construção de edifícios e tecnologia em edificações), com duração de quatro a seis semestres, apresenta um currículo extenso: matemática, física, informática, desenho técnico, topografia, análise e resistência de materiais, cálculo diferencial e integral, estabilidade das construções, instalações elétricas e telefônicas, meio ambiente, ergonomia, legislação e ética.

+ Artigos relacionados:

Muitas faculdades agregam ao curso disciplinas como administração, gestão de recursos humanos, noções de contabilidade, legislação previdenciária e trabalhista e relações humanas. Já que o tecnólogo em construção civil vai ter que atuar em conjunto com um grande número de pessoas, de diferentes níveis de escolaridade.

O piso salarial inicial, de acordo com o Sindicato dos Tecnólogos, é de 7,5 salários mínimos mensais. Já o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia determina o piso de cinco salários mínimos, para a jornada de seis horas diárias.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Um comentário em “Tecnólogo em Construção Civil

  1. agora que já me informei a respeito da ária, gostaria de saber o valor da mensalidade do curso de tecnólogo de construção civil e a durabilidade do curso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *