Tatuagem e Mercado de Trabalho – Existe Preconceito?

Ela já foi símbolo de marginais. Hoje, a tatuagem é mais bem aceita, mas ainda é tabu no ambiente de trabalho.

Os antigos egípcios já decoravam seus corpos com tatuagens. Mais recentemente, no século XVIII, marinheiros ingleses descobriram a arte em suas excursões pela Oceania e Sudeste Asiático e passaram a tatuar-se, especialmente com motivos náuticos. Mas ela não era bem vista na Europa e, no fim do século XIX, as tatuagens passaram a ser uma forma de identificação de criminosos. Assim, no Ocidente, continuaram a ser um forte tabu, proibida pela maioria das religiões. Nenhuma empresa contrataria uma pessoa tatuada e ela permaneceu por muito tempo longe do ambiente de trabalho.

tatuagem e trabalho



Tatuagem atrapalha na busca por emprego?

Pesquisas com consultorias de recursos humanos indicam que um quinto das empresas deixa de contratar pessoas com tatuagens visíveis. O principal motivo é que estes profissionais passariam menos credibilidade e poderiam comprometer o ambiente de trabalho. Quando elas são discretas e ficam ocultas pelas roupas, a possibilidade de contratação é maior. É puro preconceito, mas é ainda uma realidade brasileira.

Seja como for, ninguém pode ser demitido em função das tatuagens. As áreas com maior resistência à presença de tatuados no ambiente de trabalho são os setores financeiro, jurídico, de saúde e outros que requerem contato direto com o público.

Nos processos de recrutamento e seleção, os candidatos estão sendo avaliados, mas podem e devem avaliar a empresa em que estão pleiteando um cargo. Caso tenham tatuagens ou usem adereços como piercings e alargadores – e isto faça parte de sua personalidade –, precisam decidir se vale a pena continuar com os testes e entrevistas em uma empresa mais formal. Afinal, passamos mais tempo no ambiente de trabalho do que com amigos e familiares: em geral, oito horas diárias, acrescidas do período de descanso para o almoço.

O que não é permitido é omitir estes detalhes e, logo nos primeiros dias de atividade profissional, exibir cabelos de cores consideradas extravagantes, roupas inadequadas para o ambiente de trabalho ou decidir-se por uma tatuagem, especialmente se o desenho escolhido for ofensivo para as crenças e convicções dos colegas e superiores. Da mesma forma, quem tem um desenho grande no braço, que não pode ser ocultado durante o verão, deve informar esta característica aos selecionadores.

médico tatuado

Ainda segundo as pesquisas, para os homens, tatuagens no pescoço e nas mãos são um complicador para a contratação. Para as mulheres, nos braços e pernas. A avaliação é puramente subjetiva, mas alguns desenhos são totalmente contraindicados para o ambiente de trabalho.

É o caso da suástica (ou cruz gamada), por exemplo. Apesar de ser um símbolo encontrado em culturas e religiões diferentes, como astecas, celtas, budistas e hindus, ele está fortemente relacionada ao governo de Adolf Hitler (que provocou a Segunda Guerra Mundial) e aos grupos neonazistas.

Recentemente um estudo realizado pelo especialista em Decisões Estratégicas Flavio Ferrari definiu que pessoas tatuadas têm comportamento diferenciado inclusive no mundo dos negócios. Como é uma atitude de auto-afirmação, a tatuagem influencia seu espírito empreendedor. Os tatuados possuem controle sobre si mesmos e sabem lutar pelo que querem. O que você acha disso?


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *