Ações de Sustentabilidade no Ambiente de Trabalho

Mesmo que o cargo não esteja relacionado à gestão ambiental, algumas práticas garantem a sustentabilidade no ambiente de trabalho.

O cidadão ideal é aquele que se preocupa com o meio ambiente: procura produtos verdes (produzidos com economia de energia, tratamento de efluentes, etc.), rejeita embalagens muito elaboradas, prefere itens in natura aos embalados industrialmente, separa o lixo para coleta seletiva, aproveita ao máximo a iluminação natural. Tudo isto em casa, naturalmente. E no ambiente de trabalho, é possível manter práticas de sustentabilidade?

Sustentabilidade no Trabalho

trabalho sustentável



Muitas empresas, em conjunto com técnicas de ergonomia e a implantação de um ambiente saudável, mesmo quando muito competitivo, estimulam seu pessoal a economizar copos plásticos, água e energia, além de separar o lixo produzido. A logística reversa já é uma realidade no país: fabricantes e distribuidores adotam práticas de reciclagem e reaproveitamento, uso de combustíveis mais limpos, descarte correto de material intoxicante.

Mas a ação individual pode ser ainda mais produtiva: pequenos atos no trabalho ajudam a proteger o meio ambiente.

A sustentabilidade começa ainda antes do expediente, no deslocamento para o trabalho. Sempre que possível, vá a pé ou de bicicleta: o exercício condiciona o corpo, fortalece o sistema cardiorrespiratório é baixo (apenas alguns pneus e solas de sapato a cada ano).

Nem sempre isto é possível, no entanto. As distâncias são grandes, não há ciclovias suficientes e a manutenção das calçadas é praticamente inexistente. Nestes casos, é preciso fazer duas coisas: exigir providências dos administradores públicos (eleitos por nós mesmos, vale lembrar) e, quando não há opções de transporte coletivo, em função de atrasos ou superlotação, organizar a carona solidária, não apenas entre os colegas, mas também com o pessoal de outras empresas do edifício ou quadra.

Ainda sobre o uso do carro: sempre que possível, substitua as reuniões por videoconferências. Isto poupa o tempo de todos os envolvidos, economiza combustível e garante menos emissão de poluentes para a atmosfera. É preciso utilizar a tecnologia a nosso favor.

sustentabilidade no trabalho

Papel

Nos escritórios, o consumo de papel é alto e, no Brasil, a reciclagem é ainda muito pequena (felizmente, catadores de cooperativas de material reciclável fazem a festa nos finais de expediente, quando o lixo é colocado para fora dos prédios; sem eles, o país estaria em um dos últimos lugares neste quesito).

Sempre que possível, separe o lixo que pode ser reciclado. Caso não seja possível encaminhar para uma cooperativa, o papel usado em anotações pode ser transformado em bloquinhos. Na hora de imprimir, especialmente para relatórios internos, use os dois lados das folhas.

Energia

Mantenha as luzes da sala apagadas quando sair para o almoço ou para uma reunião. Outra providência simples é desligar os monitores nestes momentos. Basta apertar um botão.

Use as escadas sempre que possível. É uma boa malhação para pernas e glúteos (um benefício adicional) e economiza a energia gasta com elevador (especialmente quando todos são acionados ao mesmo tempo).

Por fim, use a sua própria energia pessoal. Incentive os colegas de trabalho a adotar atitudes sustentáveis, proponha novas práticas, participe. Fazer o mínimo necessário ou assumir a postura “não é comigo” prejudica inclusive a ascensão profissional: nas avaliações de desempenho, solidariedade e atenção ao meio ambiente também são levadas em consideração.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *