Pós Graduação – Fazer a Distância (EAD) ou Presencial?

Com o aumento do número de vagas nas instituições de ensino superior públicas e privadas, os títulos de graduação, licenciatura ou ensino tecnológico estão cada vez mais comuns. Para se destacar no mercado de trabalho, é preciso avançar nos estudos e partir para especializações e pós-graduações lato e stricto sensu.

No entanto, conseguir tempo para frequentar um curso presencial de pós graduação e desenvolver as atividades necessárias para obter um bom desempenho, especialmente para jovens profissionais, que estão iniciando a carreira: jornadas de trabalho ampliadas e a necessidade de conciliar as pressões familiares, sociais e do trabalho podem tornar impeditiva a frequência num curso de especialização ou pós-graduação.

Pós Graduação



Pós Graduação EAD (a distância)

Nestes casos, os cursos a distância de pós graduação são os mais indicados. O aluno decide os horários de estudo e pode assistir às aulas mais de uma vez, para dirimir dúvidas. Além disso, as mensalidades de cursos a distância são mais acessíveis e os conteúdos abordados são mais aprofundados, porque não existem lacunas na programação (a grade curricular, ao ser filmada, aborda todo o currículo), interferências de colegas e do meio externo à sala de aula e eventuais digressões de um professor com tendências a intercalar os temas da aula com outros assuntos.

Estudantes tímidos também podem ser beneficiados na pós a distância, já que boa parte das dúvidas é resolvida em plantões online ou chats, facilitando o contato interpessoal.

Em muitas cidades brasileiras, não são oferecidos cursos presenciais de especialização e pós-graduação; por outro lado, o número de polos presenciais da UAB (Universidade Aberta do Brasil), onde as aulas in loco da EAD são ministradas, aumenta a cada dia, facilitando o deslocamento dos alunos.

+ Leia também: Cursos EAD com Certificado Grátis

A educação a distância também aumenta as possibilidades de inserção social, já que permite que estudantes de todos os locais recebam formação e informação de qualidade. Quando se fala em EAD, logo se pensa em internet, mas a modalidade existe ao menos desde o século XIX. A internet apenas aumentou a rapidez da comunicação – que antes era feito por correspondência postal – e ampliou os instrumentos disponibilizados para os alunos

Por outro lado, o aluno precisa ser bem organizado e respeitar a grade curricular e a carga horária. Mesmo que assista às aulas à meia-noite ou às 6h, precisa ser focado e persistente.

Um benefício da EAD é o desenvolvimento da autonomia do estudante, pois é ele próprio quem definirá o ritmo de aprendizado, já que não existe uma disciplina imposta pelo professor ou pela estrutura da faculdade, determinando horários e condutas consideradas adequadas no relacionamento.

Outra questão a ser avaliada é a área de estudo: cursos que exigem atividades práticas (em laboratórios, por exemplo) vão exigir que o estudante se desloque mais vezes durante a semana para a faculdade.

Pós Graduação

Pós Graduação presencial

Nos cursos presenciais de pós graduação, o contato com professores e outros alunos pode enriquecer bastante o aprendizado; a própria troca de experiências amplia os conhecimentos e a divergência de opiniões valoriza o debate. Dúvidas são clareadas imediatamente, bastando fazer perguntas diretas ao professor, tantas quantas forem necessárias para o assunto ser esclarecido.

O conteúdo perdido em eventuais faltas pode ser recuperado com a cópia de anotações de colegas e diversas ferramentas da EAD foram integradas nos cursos presenciais: fóruns de discussão, salas de bate-papo, bibliotecas e laboratórios virtuais, etc.

Por todas estas razões, especialmente os estudantes mais jovens devem optar pelos cursos presenciais: a vivência universitária amplia os horizontes e aumenta consideravelmente a bagagem cultural dos alunos.

Dicas para escolher um curso de pós-graduação

Verifique se a instituição de ensino superior é cadastrada no Ministério da Educação (MEC) e também se o curso escolhido é autorizado (providência não necessária para universidades e centros universitários, que têm autonomia para definir os cursos que serão oferecidos; apenas as faculdades precisam da autorização).

Compare as grades curriculares de vários cursos e cheque se a carga horária é suficiente para a instituição expedir certificados e diplomas.

Converse com alunos e ex-alunos para conhecer suas opiniões sobre a instituição, os professores e abordagem pedagógica (a maior parte destes cursos mantêm fóruns virtuais). No caso de cursos presenciais, visite as instalações, especialmente laboratórios e bibliotecas.

Uma pós-graduação valoriza o estudante pessoal e profissionalmente, mas é preciso que o curso tenha qualidade e seja reconhecido pela comunidade acadêmica e pelo mercado de trabalho. Estudar num “barracão” (faculdade de baixa qualidade) não acrescenta nada ao currículo e à vida do aluno.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *