Ideias Empreendedoras e Negócios Lucrativos

Cada vez mais brasileiros decidem abrir seu próprio negócio. Mas ter apenas ideias empreendedoras pode não ser o suficiente.

Ser seu próprio patrão, definir os horários de trabalho, ter autonomia. Seja por se deparar com o desemprego, seja para desengavetar aquele projeto acalentado por anos consecutivos, quase todas as pessoas desenvolvem ideias empreendedoras, mas é preciso tomar alguns cuidados, para que o sonho não se transforme em pesadelo.

Em primeiro lugar, é preciso verificar a viabilidade do negócio: existe público interessado no produto ou serviço oferecido? Caso exista, os rendimentos serão suficientes para prover as necessidades e desejos da família? O novo empreendedor possui reserva financeira para se sustentar por alguns meses, até que a receita seja suficiente para prover os custos do lar e da empresa, além de gerar um fundo de reserva?



ideias empreendedoras

Ideias Empreendedoras

É necessário também um exercício de autoconhecimento, para identificar as qualidades inerentes para competir e superar a concorrência. Não bastam boas ideias: o empreendedor precisa conhecer o mercado em que vai atuar, ter carisma para liderar equipes, disponibilidade para a qualificação constante e muita disposição para trabalhar duro, muito duro.

A maioria dos aspirantes a empresário “morre na praia” nos dois primeiros anos: são seis em cada dez pequenas e microempresas que fecham as portas e encerram as atividades nos 24 primeiros meses de atividade. São pessoas que têm habilidades e competências para desenvolver um produto de boa aceitação, mas desconhecem técnicas de marketing para apresentá-lo aos consumidores, a legislação local sobre produção e comercialização e as exigências tributárias.

negócios lucrativos

Muitos empreendedores nem sabem formar preços, e estes são fatores que inviabilizam o negócio no curto prazo, deixando dívidas e muita frustração. Uma conhecida revista brasileira sobre animais de estimação, que conseguiu gerar lucro em menos de um ano – um recorde para os padrões editoriais do país –, teve que ser eliminada simplesmente porque os diretores comerciais não souberam calcular os custos de envio para assinantes e revendedores.

Negócios Lucrativos

Micro e pequenos empresários respondem por 70% das vagas de emprego no Brasil. Por isto, quando uma empresa encerra as atividades, ela se torna responsável pelo desemprego de até oito pessoas. Mesmo sem querer, excelentes ideias empreendedoras acabam se tornando vetores da maior parte das demissões no país.

Por isto, antes de tudo, quem deseja conquistar a autonomia financeira precisa se capacitar, e existem serviços gratuitos para isto. O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) oferece apostilas, cursos presenciais e online e consultoria sobre contabilidade, logística, marketing, etc.

+ Confira:

Vale a pena qualificar-se para se tornar um empresário com maiores probabilidades de sobreviver no mercado e de crescer, gerando mais lucro e mais vagas. O Brasil é um dos expoentes do empreendedorismo – mais de 10% da população atua como autônomo –, prova de que a população é profícua em boas ideias. O importante, agora, é transformar ideias em negócios lucrativos.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *