Guerra Fria – O que foi? Resumo, Consquências e Causas

Denominou-se como Guerra Fria, o período iniciado pós-Segunda Grande Guerra em que os Estados Unidos da América e a extinta União Soviética disputaram a hegemonia econômica, política e militar no mundo. Ao passo que a União Soviética era socialista, com economia planificada, tinha apenas um partido político, o Comunista e primava pela igualdade social e inexistência democrática; os Estados Unidos da América eram capitalistas, com economia de mercado, primavam pela democracia e pela propriedade privada.

Guerra Fria

O que foi a Guerra Fria?

Chama-se Guerra Fria por ter sido um confronto que ocorreu apenas no campo das ideias, o campo ideológico, não tendo havido embate militar e direto entre as duas grandes potências. Tanto os Estados Unidos quanto a União Soviética continham armas de destruição em massa, com vários mísseis de procedência nuclear, de modo que se houvesse um combate armado, isso significaria o fim de um dos países e do planeta também.



Por aqueles tempos de Guerra Fria falou-se também na chamada Paz Armada que se referia a um empenho de condicionamento bélico e de expansão de exércitos nos países aliados por parte das duas grandes potências, de modo que, ao haver uma espécie de equilíbrio entre ambas, a paz ainda reinaria, pois as duas temeriam um ataque do inimigo. Formaram-se então dois blocos militares em favor da defesa dos interesses dos Estados Unidos e da União Soviética. Cuidando do bloco capitalista, surgiu a Organização do Tratado do Atlântico Norte – a OTAN e defendendo os propósitos socialistas surgiu O Pacto de Varsóvia.

Também como parte da disputa entre os dois países durante a Guerra Fria, houve a corrida espacial em que as duas grandes potências se empenhavam em atingir avanços espaciais. Desde o lançamento do foguete Sputnik com um cão dentro para o espaço, realizado pela União Soviética em 1957 até a ida do homem à lua em missão realizada pela equipe dos Estados Unidos no ano de 1969.

O que Foi a Guerra Fria

A Guerra Fria acabou com o atraso econômico e ausência democrática insustentáveis nas repúblicas soviéticas e a crise do socialismo já no fim dos anos oitenta. Ocorre a queda do Muro de Berlim com a consequente reunificação das Alemanhas divididas. Já na década seguinte, seguem as reformas econômicas, acordos com os Estados Unidos e total enfraquecimento socialista na União Soviética. O capitalismo norte-americano sai vitorioso e predominante. Trata-se do fim da Guerra Fria entre Estados Unidos e a extinta União Soviética e de suas corridas armamentistas, conflitos políticos e ideológicos que deixaram o mundo todo em estado de alerta e de tensão.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *