Como Ter Ideias Criativas – Como Melhorar a Criatividade

Não importa qual seja a área de atuação: quem conta com uma criatividade aflorada se destaca dos demais, obtendo assim as melhores oportunidades de negócio. Mas será que a criatividade é algo que nasce conosco? A resposta é não! Se você não é criativo, saiba que pode exercitar sua mente e aumentar a criatividade diária! Confira em nosso texto alguns exercícios e saiba como ter ideias criativas, em poucos passos.

Como Ter Ideias Criativas

boas ideias

Associação de ideias: Associar palavras, figuras e ideias que se refiram a um mesmo conceito facilita o processo criativo, além de organizar as informações.



Inversão de pressupostos: Consiste em inverter os conceitos e ideias, principalmente os mais básicos, obtendo assim abordagens e possibilidades diferenciadas acerca de uma mesma temática.

Listagem de atributos: Esta técnica é aplicada por meio da listagem dos principais atributos e características de produtos ou situações. Estas listagens revelam, em grande parte das vezes, atributos que geralmente não são percebidos.

Brainstorm: O Brainstorm é o processo mais utilizado, quando se fala em criatividade. Caracteriza-se pela reunião – de forma aleatória – de todas as ideias que surgirem. Em seguida, deve ser realizada a eliminação destas, para que se chegue à ideia definitiva.

Brainwriting: O Brainwriting é semelhante ao Brainstorm, porém, é realizado de forma escrita, somente no papel.

Intuição consciente: Além de favorecer a criatividade, a intuição consciente é uma das saídas mais eficientes para a resolução de problemas. Basta fechar os olhos, visualizar o problema e, em conjunto, imaginar cenários para sua solução. Ao abrir os olhos, aponte todas as imagens que foram visualizadas. É possível que, em meio aos detalhes dos cenários, a solução seja encontrada.

Técnica da descontinuidade: Aplicar a técnica da descontinuidade, que consiste na mudança de rotinas e cronogramas pré-definidos, aguça a criatividade, já que o cérebro é forçado a pensar em alternativas, fora do padrão.

Mapa mental: A técnica do mapa mental trabalha o estado de liberdade da mente, estimulando diretamente a criatividade. Para fazer o mapa mental basta anotar o tema do projeto em uma folha de papel, centralizado. A partir dele, desenhe diversas linhas e, no extremo destas, crie palavras-chave relacionadas ao tema em questão. Relacione o termo central às palavras-chave e analise as combinações.

Técnica Gordon-Little: Consiste em encontrar uma solução abstrata para o problema e torna-la, aos poucos, concreta e real.

É interessante frisar que, dependendo da área de atuação, é preciso fortalecer estes processos de estímulo à criatividade. Por isso, saiba que os exercícios, técnicas e dicas citados podem atuar em conjunto, favorecendo e fortalecendo ainda mais o trabalho da mente.

E você, como costuma estimular a sua criatividade? Conte para nós, através do seu comentário!


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *