Como Abrir uma Franquia de Sucesso e Barata

Diferente do que ocorria há alguns anos, está se tornando cada vez mais frequente a abertura de franquias, especialmente entre os novos empreendedores brasileiros, sejam eles mais jovens ou mais maduros. Além dos altos rendimentos adquiridos – principalmente entre as franquias de forte nome no mercado – contar com uma estrutura já formada, além de auxílio especializado em todos os setores, são atrativos importantes que impulsionam o setor de franchising.

Apesar de inúmeros pontos positivos, as franquias também são passíveis de fracasso. Para evitar que este sonho torne-se um grande pesadelo financeiro, é necessária muita pesquisa sob a saúde financeira da marca, antes de firmar o contrato.

franquias de sucesso



Lei de Franquias

Os futuros franqueados têm a lei a seu favor: de acordo com a Lei das Franquias (Lei 8.955 de dezembro de 1994), todo franqueado pode exigir, à franqueadora em questão, a Circular de Oferta de Franquia (COF), a qual traz os dois últimos Balanços Anuais da franqueadora, além dos Demonstrativos de Resultados.

Como Escolher a Franquia Certa?

Selecionamos abaixo 7 sinais que podem significar problemas futuros em uma franquia. É imprescindível analisar tais tópicos, antes de formalizar o contrato.

Inviabilidade do Modelo Financeiro: Os pagamentos de taxas de franquia e impostos devem ser acrescentados ao planejamento financeiro da nova franquia. Além de ilegal, deixar de arcar com tais custos pode acarretar grandes problemas em longo prazo.

Perfis Inadequados: A franqueadora pode deixar de levar em consideração o perfil do novo franqueado, para que o crescimento seja mais rápido. Abrir mão destes critérios pode levar o novo negócio ao fracasso, rapidamente.

Falta de Capacitação: Para uma nova franquia obter sucesso, é necessário um forte e especializado treinamento. A falta de um plano neste sentido só aumenta a possibilidade de insucesso.

Estrutura e Logísticas Precárias: Muitas franqueadoras insistem em atender nacionalmente, porém, sem um plano de logística específico para isso. A ineficiência na entrega dos produtos, bem como gestão dos novos franqueados, pode acarretar em problemas para ambas as partes.

Falta de segmentação: Optar por franquias que explorem um setor desconhecido pode trazer sérios riscos financeiros, já que não há uma maturidade do segmento.

Gestão Forte e Atualizada: É imprescindível que a franqueadora invista em modelos atualizados e integrados de controle e gestão. Quanto à atenção individual, é necessário que a mesma realize, periodicamente, relatórios individuais para cada uma das franquias, estimulando a divulgação de informações pelos novos empreendedores.

Inadimplência dos franqueados: Este pode ser considerado um dos maiores riscos oferecidos por uma franqueadora. Apesar de não representar uma receita líquida da marca, o não pagamento dos royalties taxas de marketing pode acarretar em grandes problemas financeiros no sistema de franchising, como um todo.

+ Tudo sobre Franquias:

Antes de escolher – definitivamente – uma franqueadora para se associar, é importante analisar cada um dos tópicos citados no artigo. Desta forma, os riscos de insucesso cairão consideravelmente!


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *