Vestibular Social PUC 2015

Muitas PUCs – Pontifícias Universidades Católicas – realizam vestibulares sociais, para selecionar estudantes carentes.

As Pontifícias Universidades Católicas são instituições de ensino superior mantidas pelas cúrias metropolitanas, instâncias da Igreja Católica que congregam uma diocese, supervisionando as atividades pastorais de uma cidade ou região metropolitana. Várias delas – por exemplo, a PUC Rio, São Paulo, Campinas, Goiânia e Porto Alegre – realizam vestibulares sociais, que são processos seletivos para os diversos cursos, visando integrar estudantes carentes à carreira acadêmica.

Cada instituição estabelece seus próprios critérios para o vestibular social. Em geral, as inscrições para as provas são gratuitas (ou atingem, no máximo, o valor simbólico de R$ 30,00) e parte das vagas disponibilizadas é destinada a jovens em situação de vulnerabilidade social. No último processo seletivo da PUC de Campinas, por exemplo, pouco mais de 400 vagas foram reservadas para a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais, com descontos acima de 50% nas mensalidades.



Vestibular Social PUC

Vestibular Social PUC 2015

Na inscrição para o vestibular, os candidatos devem optar pelas vagas de bolsas sociais. Não é permitido, no processo seletivo, concorrer simultaneamente às vagas regulares e às vagas de exceção, destinadas a estudantes de baixa renda.

Para concorrer às bolsas, os alunos não podem estar matriculados em uma faculdade particular, precisam ser oriundos do ensino médio público (ou bolsistas de escolas particulares) e devem comprovar renda familiar abaixo de um salário mínimo e meio. Estudantes de famílias com renda até dois salários e meio podem se candidatar a bolsas de estudos parciais.

Algumas instituições limitam o vestibular social a determinados cursos, como os de licenciatura, visando ampliar a formação de docentes para a educação básica, e o curso de Teologia, considerando que são entidades mantidas por instituições religiosas. Muitas PUCs utilizam a nota obtida no ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio – como primeira fase do processo seletivo (várias instituições eliminam candidatos que tenham obtido nota zero na redação da prova), que, além das avaliações de conhecimentos, também utiliza entrevistas com o candidato e provas de rendimentos dos pais ou responsáveis.

Estudantes selecionados através do vestibular social perdem o benefício em caso de reprovação por faltas (em geral, é exigida a frequência em 75% das aulas), reprodução em duas ou mais disciplinas, atrasos no pagamento (no caso de bolsas parciais) e trancamento, abandono ou cancelamento da matrícula. Os setores de Serviço Social das universidades também realizam pesquisas aleatórias: caso o aluno preste informações falsas no processo seletivo, a matrícula é automaticamente cancelada e o estudante pode ser processado criminalmente.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

2 comentários em “Vestibular Social PUC 2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *