Trabalhar como Freelancer: Quanto Cobrar? Da para Viver de Freela?

É uma boa opção para quem quer ter horários mais flexíveis ou não se dá bem no mundo corporativo. Veja o que fazer para trabalhar como freelancer.

A internet está cheia de boas oportunidades para quem quer ou precisa trabalhar como freelancer. Sites como o Trampos (www.trampos.com), Open Jobs (www.openjobs.com.br), Prolancer (www.prolancer.com.br), Freela (www.freela.com.br), GetNinjas (www.getninjas.com.br) e muitos outros oferecem dezenas de vagas para redatores, diretores de arte, ilustradores, jornalistas, programadores, fotógrafos, tecnólogos da informação e muitos outros profissionais.

É preciso fazer um cadastro em cada site, mas o procedimento é rápido e sem complicações. Alguns sites cobram uma taxa para quem quer trabalhar como freelancer e deixar seu portfólio no ar (mensal ou por contato). Em outros, as ofertas só são disponibilizadas 24 ou 48 horas para o público em geral. São muitos os projetos disponíveis.



freelancer

Como Trabalhar de Freelancer?

Para trabalhar como freelancer, é só acessar os sites, checar as oportunidades e o prazo de encerramento. A maioria dos endereços eletrônicos publica os anúncios; a comunicação entre candidato e empregador é feita posteriormente, caso haja interesse das duas partes. As atividades quase sempre podem ser realizadas em casa, sem necessidade de deslocamentos, o que facilita bastante a organização dos horários.

Com a comunicação em tempo real proporcionada pela rede mundial de computadores, tudo pode ser feito por e-mail ou telefone. Flexibilidade e autonomia são alguns dos principais pontos que indicam trabalhar como freelancer como uma forte tendência no mercado de trabalho.

Uma boa dica para quem tem facilidade de comunicação e poder de convencimento é procurar vagas de vendedores freelancer. É possível trabalhar nas mais diversas áreas, de cosméticos a consórcios de automóveis. Em uma pesquisa rápida no Google, foram encontrados mais de um milhão de oportunidades para vendedores autônomos.

Freelancer é autônomo?

freela

Mas, afinal, o que é um profissional freelancer? É um autônomo, que se autoemprega em uma ou mais empresas, sem vínculo empregatício. Em função disto, é importante se cadastrar como microempreendedor individual (MEI), para garantir a contagem de tempo para a aposentadoria, estar segurado pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) e ter algumas outras garantias, como licença em caso de doença. Maiores informações sobre o MEI podem ser obtidas no site www.portaldoempreendedor.gov.br.

A expressão “freelancer” (literalmente, lanceiro livre) deriva dos cavaleiros medievais que se colocavam a serviços dos nobres europeus que oferecessem as melhores oportunidades. Os freelancers atuais sempre recebem propostas desafiadoras, que aumentam sua experiência e valorizam seu portfólio, aumentando as chances de novas tarefas.

Mas, se a atividade de freelancer tem diversas vantagens, é preciso planejar muito tempo o tempo gasto com as atividades diárias, manter um bom orçamento financeiro e estar sempre disponível para atender a novos clientes.

Trabalhar como freelancer também pode ser uma boa oportunidade para abrir o próprio negócio, para aumentar a renda mensal (no caso de empregados com carteira de trabalho assinada) e principalmente para quem quer se livrar dos patrões. Com tudo organizado, é possível obter bons rendimentos e também para se manter atualizado em cada área de atuação.

O site Shoe Boxed (www.shoeboxed.com, em inglês) oferece várias ferramentas para quem quer trabalhar como freelancer. É um aplicativo que ajuda na organização financeira, como emissão de notas fiscais, pagamentos, etc. A inscrição é gratuita.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Um comentário em “Trabalhar como Freelancer: Quanto Cobrar? Da para Viver de Freela?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *