Quanto Custa Abrir uma Lotérica?

As lotéricas só podem ser inauguradas mediante licitações técnicas da Caixa. Confira os custos.

Existem dois tipos de lotéricas no país: as casas propriamente ditas, que podem ser instaladas em qualquer município, e as unidades simplificadas de loterias (USL), cujo funcionamento só é autorizado em cidades sem nenhuma outra lotérica. As lotéricas são um serviço público da união, administrado e concedido pela Caixa Econômica Federal.

Além de receber as ofertas dos diversos jogos, como Lotofácil e Mega-Sena, as lotéricas estão autorizadas a receber a o pagamento de permissionárias (água, luz, telefone, etc.), carnês, prestações e faturas de diversos convênios. Os Pagamentos dos Benefícios da Rede de Proteção Social (como o programa Bolsa-Família) também podem ser feitos na rede de loterias. Correntistas da Caixa podem fazer transações financeiras em qualquer destes pontos.



Nas licitações, os critérios se seleção são os seguintes: localização, visibilidade e acessibilidade da loja, quantidade de venda de bilhetes das loterias instantâneas, grau de instrução do interessado e seus eventuais sócios (o mínimo necessário é a conclusão do ensino fundamental), participação obrigatória em treinamentos e encontros regulares (marketing, finanças, gestão, vendas, etc.) e experiência de trabalho anterior. Os lotes de raspadinhas reúnem 100 cartões, independente do valor de venda.

custo de abrir uma lotérica

Quanto Custa Abrir uma Lotérica

Para abrir uma lotérica, é preciso de um investimento inicial de R$ 5.000 (no caso das USL), incluídos os valores da tarifa de permissão, padronização do ponto e as demais despesas de instalação da nova casa de apostas. É preciso levar em conta também preços como aluguel, pagamento de salários, insumos (como energia, conexão com internet, etc.).

No caso de uma casa lotérica, o custo se eleva, ficando entre R$ 10.000 e R$ 30.000, já com as despesas de instalação. Finda a licitação e depois de assinado o pré-contrato com a Caixa, o empresário tem oito dias para apresentar o recibo de pagamento e 30 dias para dar início às atividades; do contrário, o negócio é desfeito e a instituição bancária refaz o processo.

Os novos empresários precisam contratar uma apólice de seguro, para garantia dos valores arrecadados com venda e prestação de serviços. O seguro pode ser substituído por um depósito sob caução na Caixa. Antes de contratar o seguro, é preciso verificar se a corretora atende às exigências definidas no pré-contrato.

A manutenção dos equipamentos cedidos à lotérica é realizada pela própria instituição bancária ou por empresa por ela contratada. Não há qualquer ônus para o empresário, desde que os danos não tenham sido causados por utilização indevida, acidentes ou verificação de desgaste anormal.

lotérica

Quanto Rende uma Lotérica?

Pela comercialização dos diversos produtos, a Caixa Econômica Federal estabelece comissões diferentes: na venda de loterias instantâneas (as famosas “raspadinhas”), os empresários recebem 13%; na loteria federal, a alíquota fica entre 0% e 32% (atualmente, está em 5%). Nas loterias de prognósticos (como a Quina), a remuneração é de 9%.

O recebimento de contas varia de acordo com o estabelecido nos contratos de convênios. A rentabilidade das lotéricas varia bastante, de acordo com o porte do munícipio e o tipo de localização. Não é permitida a comercialização de quaisquer outros produtos no ponto de venda. O empresário também não pode deixar de vender nenhum dos produtos lotéricos.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *