Psicologia Infantil – Técnicas, Cursos e Informações

Pais e professores devem ficar atentos à criação e educação das crianças. Muitas vezes, por diversas razões, instalam-se comportamentos inadequados, que podem levar ao isolamento e, consequentemente, ao sofrimento. Em determinadas situações, é preciso acompanhamento profissional. A psicologia infantil, através de diversas técnicas de abordagem, pode ajudar a criança a avaliar suas condutas e rever atitudes não aceitáveis.

Na hora de escolher a escola dos filhos, os pais devem ficar atentos à presença do psicólogo escolar na equipe multidisciplinar. Este profissional interage com os docentes e alunos e pode identificar os problemas mais rapidamente, com seu olhar clínico, além de garantir uma boa orientação para os pais e demais funcionários da escola.

Psicologia Infantil



Psicologia Infantil

Os pais, como é evidente, sempre querem o melhor para seus filhos. No entanto, até no intuito de proteger, podem ocorrer mimos excessivos, gerando egoísmo ou egocentrismo, ou superproteção, que prejudica a autonomia da criança no seu aprendizado e relacionamento com adultos e outras crianças.

Muitas pessoas relutam em acorrer a ajuda de um psicólogo; no entanto, doenças mentais têm causas, podem se aprofundar e gerar consequências mais graves, assim como ocorre em qualquer outro aspecto da saúde. Comportamentos agressivos, crueldade, hiperatividade, falta de concentração, isolamento nas atividades de recreação, desobediência, são sinais de que algo está errado e procurar auxílio é a providência necessária. Em geral, o pediatra que acompanha o crescimento da criança pode ajudar a escolher um psicólogo.

Psicologia InfantilAs Técnicas da Psicologia Infantil

O psicólogo especializado em atender crianças enfrenta alguns desafios; em geral, os pequenos encontram dificuldades em verbalizar seus problemas. Noutros casos, a hiperatividade impede o diálogo. Por isto, a psicologia infantil utiliza técnicas lúdicas para manter a atenção da criança. Enquanto brinca com determinados jogos, leituras e desenhos, o paciente mirim é estimulado a contar suas frustrações e dificuldades.

A linguagem do brincar é o meio de expressão natural da criança. A abordagem é vivencial: uma criança, por exemplo, pode contar sobre seus medos usando bonecos de monstros ou vilões dos desenhos animados. A narração de problemas domésticos também é “encenada” pela criança. Violência familiar, muito comum entre lares, pode ser abordada com bonecos representantes dos pais. Normalmente, a mostra é acompanhada por pedidos insistentes para que a briga acabe.

Crianças em idade pré-escolar costumam criar histórias reveladoras enquanto desenham. O resultado final é um grande rabisco, sem nenhuma possibilidade objetiva de interpretação, mas o psicólogo, acompanhando a produção atentamente pode obter vários elementos para desenvolver o tratamento.

Os pais também são objeto de atenção do terapeuta, que vai detectar se o atendimento deve ser em grupo ou individual. É muito difícil que uma criança que vive num lar sem equilíbrio possa desenvolver-se adequadamente. Em muitas situações, a criança pode estar apenas reproduzindo uma situação vista na TV, mas, de qualquer forma, é preciso aconselhamento, já que a exposição a programas não indicados para a infância também pode ser prejudicial.

O Diagnóstico e o Tratamento

Muitas vezes, não há problemas com a criança, apenas cuidado excessivo por parte dos pais. Nestes casos, o terapeuta fará o aconselhamento necessário, oferecendo ferramentas para que os genitores possam lidar com o filho. Em outras vezes, pode haver problemas físicos, como dificuldade para enxergar e ouvir, o que provoca a alienação e queda de rendimento nos estudos.

Constatado um problema que requer maior atenção, é dado início à psicoterapia. Apenas um psicólogo habilitado pode diagnosticar e definir as linhas do tratamento, mas a família pode e deve procurar outros pontos de suporte, como a escola, clube ou igreja de quem são adeptos. O tratamento garante benefícios para toda a família, garantindo convivência saudável e prazerosa.

Psicologia Infantil

Cursos de Psicologia Infantil

A psicologia infantil é uma especialização, indicada para psicólogos e pedagogos que queiram trabalhar em consultórios ou escolas. É um curso reconhecido e regulamentado pelo Ministério da Educação e, por isto, a opção deve ser por faculdades de boa qualidade, com a competência reconhecida pela comunidade acadêmica e pelo mercado de trabalho.

Distúrbios de Aprendizagem
Saiba como Identificar, Lidar e Tratar Distúrbios e Dificuldades de Aprendizagem.

Bullying
Conheça os diversos tipos e saiba como identificar e tratar o Bullying.

Educação Especial
Conheça e prepare-se para a Educação Especial Inclusiva.

Todos esses cursos você encontra acessando nossa área de cursos de pedagogia:
www.cursogratisonline.com.br/cursos-de-pedagogia-a-distancia

No entanto, vários cursos livres sobre o tema são oferecidos, para quem quer familiarizar-se com o tema, especialmente pais e professores. Uma rápida pesquisa identificou oportunidades presenciais e online, pagas e gratuitas. Alguns são bastante genéricos, outros abordam questões específicas, como a depressão entre crianças e adolescentes, técnicas de diagnóstico breve e psicologia no ambiente escolar.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *