Profissões que Não se Aprende na Faculdade

Existem algumas profissões, principalmente nas áreas de TI e Marketing Digital, que não dependem única e exclusivamente dos conhecimentos adquiridos durante a faculdade. Para que sejam exercidas com excelência, a prática pesa mais do que a teoria, assim como especializações e cursos extras. Selecionamos em nosso texto 5 destas profissões. Leia e conheça suas principais características!

Recentemente fizemos um artigo sobre “Profissões que Não Exigem Ensino Superior“, focado em profissões com bons salários que não precisam de faculdade. Abaixo relataremos ótimas profissões com grandes oportunidades de retorno e crescimento que não se aprende na faculdade, confira.

mkt digital



Marketing Digital de Performance

Os profissionais de Marketing Digital de Performance possuem como principal função a geração de “leads”, ou seja, número de contatos entre cliente e empresa. Apesar de ser uma nova função, já existe uma alta demanda por estes profissionais.

Como ainda não existem cursos superiores específicos na área, a dica é optar por cursos de extensão e especialização, bem como uma vivência real em agências de marketing digital e publicidade.

métricas e plataformas

Especialista em Métricas e Plataformas

Outra profissão diretamente ligada ao Marketing Digital é o Especialista em Métricas e Plataformas. O profissional foca suas atividades na mensuração e análise do movimento dos usuários nas plataformas digitais, tais como Google, Twitter e Facebook.

A profissão surgiu há pouco tempo, de acordo com o lançamento das ferramentas de análise. Assim como no Marketing Digital de Performance, ainda não existem cursos superiores específicos para a formação do profissional. Portanto, quem deseja atuar na área possui como melhores escolas a prática e os cursos de especialização.

gestor de contas

Gestor de Contas

Muitos atrelam a carreira de Gestão de Contas ao curso de Administração de Empresas, mas não é bem assim. O Gestor de Contas é responsável por cuidar da relação cliente-empresa e está ligado às áreas de Marketing, Gestão de Pessoas e Informática.

Segundo especialistas, para um profissional se dar bem nessa área é preciso apenas uma boa base em relacionamento com o cliente e ferramentas online, os quais podem ser adquiridos em cursos como Informática, Marketing e Gestão de Pessoas.

A prática conta muitos pontos: o profissional aprenderá no dia a dia, seguindo as características da empresa, produto e clientes em questão.

arquiteto de ti

Arquiteto de TI

O Arquiteto de TI é responsável por desenvolver e implantar os melhores sistemas para o negócio do cliente. O estudo pode ser feito mediante técnicas aprendidas em cursos de extensão e pós-graduação, técnicas estas que englobam conceitos de integração  e estruturação de processos, além de padrões de arquitetura de sistemas.

Assim como o Gestor de Contas, o Arquiteto de TI consolidará seus conhecimentos com experiência prática.

headhunter

Headhunter

Há algum tempo, os “headhunters”, termo utilizado para Caça-Talentos, eram profissionais com formação em Psicologia. Entretanto, o mercado mudou: hoje, é possível encontrar engenheiros e administradores na função.

Para se tornar um headhunter não é preciso cursar uma faculdade específica, afinal, o sucesso do profissional está ligado diretamente ao seu perfil e percepção. Além disso, é preciso conhecer o mercado.

Quem deseja se especializar na área ou apenas adquirir conhecimentos teóricos pode recorrer aos cursos de especialização e extensão.

E então, você percebeu como a faculdade nem sempre forma profissionais completos, aptos a atuar nas novas profissões disponibilizadas pelo mercado? Aproveite as dicas e conquiste uma nova profissão!


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

2 comentários em “Profissões que Não se Aprende na Faculdade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *