Profissões com Mais Vagas de Emprego no Brasil

Na hora de escolher a carreira, as vagas de emprego contam muito. Mas este não é o único critério. Confira nosso artigo sobre as profissões com mais vagas e oportunidades de emprego no Brasil!

Muitos jovens escolhem suas profissões com base apenas no retorno financeiro a na empregabilidade, isto é, quanto mais vagas de emprego, melhor. No entanto, é preciso considerar outros pontos, como o talento para desenvolver determinadas atividades, as características pessoais, etc.

No Brasil, por exemplo, é comum sonhar em ser artista ou jogador de futebol. Mas é preciso lembrar que, nas duas primeiras séries do Campeonato Brasileiro (cujas partidas são transmitidas em parte pela TV), são aproveitados cerca de mil atletas. Os demais permanecem ocultos – e mal pagos – nos campeonatos regionais e no interior do país. Já a maioria dos artistas vive de eventos, comerciais, etc., bem longe do glamour que se espera da profissão.



Portanto, é preciso refletir bastante antes de escolher a carreira. Por mais vagas de emprego que sejam oferecidas, um trabalhador mal formado ou desmotivado não conseguirá obter o destaque necessário.

construção civil

Construção Civil

O setor está aquecido por causa dos eventos esportivos internacionais que serão sediados no país. O PAC – Programa de Aceleração do Crescimento –, apesar das muitas limitações burocráticas, também contribui para aumentar o número de vagas de emprego para engenheiros civis, arquitetos, técnicos e tecnólogos em construção, logística, transportes, hidráulica, eletricidade, etc.

+ Confira: Tecnólogo em Construção Civil

Seja como for, o Brasil precisa resolver seus problemas de infraestrutura, para se manter competitivo no mercado internacional e melhorar sua produtividade. Isto contribui para o mercado de trabalho da construção civil. Enquanto a economia estiver aquecida, haverá vagas de emprego.

agropecuária

Agropecuária

Abrange desde a produção e distribuição de alimentos até a criação de máquinas agrícolas, defensivos e rações. Já se disse, com alguma dose de exagero, que o Brasil é o “celeiro do mundo”. Efetivamente, o país é o terceiro exportador de alimentos do mundo (primeiro em soja, carne bovina, frango, etc.).

Com isto, sempre há vagas de emprego para profissionais de medicina veterinária, agronomia, zootecnia, engenharia de alimentos, engenharia da pesca e diversas profissões de nível médio voltadas para a produção de alimentos. O Ministério da Educação (MEC) relaciona oito cursos técnicos na área alimentícia.

producão de energia

Produção de Energia

As principais matrizes energéticas do Brasil são petróleo e derivados, combustíveis renováveis (como o etanol) e a energia a partir de recursos hídricos. O país é historicamente dependente da exportação de combustíveis fósseis, mas recentes descobertas de petróleo, inclusive no pré-sal, ampliaram significativamente a produção brasileira, que deve ser duplicada até 2020.

Com isto, ampliam-se as expectativas de emprego na área de energia. Graduados em geologia, produção alcooleira, petróleo e gás, química, mineração e diversas modalidades de engenharia terão boas oportunidades nos próximos anos. Vale o mesmo para profissionais de nível médio (“petróleo e gás” é um dos eixos tecnológicos dos cursos regulamentados pelo MEC).

meio ambiente

Meio Ambiente

Mesmo sem querer, as pessoas e empresas terão que cuidar do meio ambiente. Atualmente, consumimos muito mais do que a natureza é capaz de repor. Além disto, usamos vários produtos poluentes e mesmo tóxicos no dia a dia. Mas a situação começa a mudar. As empresas já começam a contratar técnicos em gestão ambiental, para reduzir o impacto da produção.

+ Confira: Tecnólogo em Gestão Ambiental

Existe inclusive o técnico de logística reversa, cuja função é desenvolver técnicas para eliminar rejeitos industriais sem causar danos à natureza. Outra atividade é garantir o descarte adequado de equipamentos descartados pelos proprietários, como computadores e celulares.

Profissões clássicas nunca deixam de demandar bons empregados. É o caso da medicina, direito, administração, contabilidade, etc. A área de educação também necessita de pessoas bem formadas, mas ainda é preciso valorizar bastante os professores e técnicos.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *