Plano de Marketing – Como Fazer um Planejamento

A “propaganda é a alma do negócio”. Toda empresa precisa estabelecer um plano de marketing para divulgar seus produtos e serviços.

Para o sucesso de um empreendimento, a elaboração de um plano de marketing é uma tarefa fundamental. Não basta ter bons produtos à disposição, se eles não forem divulgados para os consumidores. É preciso estabelecer uma estratégia para captar e fidelizar os clientes, para possibilitar o aumento do faturamento da empresa.

Oferecer mercadorias faz parte do senso comum. Todo mercador, em qualquer época da história, sabia disso. Quem passa por um mercado no Oriente Médio é bombardeado visualmente por centenas de artigos expostos de forma atraente e, mesmo sem dominar o idioma, consegue entender as muitas ofertas, apenas pelo tom de voz e a linguagem corporal dos vendedores.



Plano de Marketing

Plano de Marketing

O plano de marketing é necessário mesmo antes de abrir um negócio. Todo empreendedor precisa responder às questões “o que e como produzir” e “o que e como vender”. A segunda pergunta diz respeito ao marketing, palavra inglesa que pode ser traduzida por “fazendo mercado”.

Todos os instrumentos de gestão – inclusive o plano de marketing – precisam ser constantemente reavaliados, para acompanhar mudanças e identificar tendências. Com ele, é possível definir metas e, a partir daí, formular as ações necessárias para aumentar a competitividade.

Conhecer o mercado permite traçar o perfil do consumidor, tomar decisões sobre os objetivos, as ações de divulgação e comunicação, preço, distribuição, localização do ponto de venda, produtos e serviços adequados ao mercado, ações necessárias para a satisfação dos clientes e o sucesso do negócio.

O Planejamento

O ponto de partida para estabelecer o plano de marketing é identificar a real posição da empresa no mercado e onde ela quer chegar – por exemplo, um crescimento de 10% nas vendas anuais. O objetivo deve ser real e, para isto, é preciso identificar as instalações da empresa, o público alvo, a concorrência. Fatores políticos, sociais, culturais, ambientais, legais e tecnológicos também precisam ser levados em consideração.

O mercado é a soma de diferentes segmentos. Conhecendo os clientes, torna-se mais fácil a oferta de produtos e serviços adequados aos diversos nichos – a clientela deve ser identificada por faixa etária, renda salarial, sexo, composição familiar, etc. O lançamento de novos produtos, ou adequação de itens já existentes, pode ser resultado da segmentação de mercado. Existem, por exemplo, diversos tipos de embalagem de sucos industrializados, destinados, por exemplo, a famílias, crianças, idosos, pessoas interessadas na qualidade de vida, e assim por adiante.

É preciso verificar os valores disponíveis para aplicar em ações de propaganda e promoções. Deve-se destinar um percentual do faturamento para alocar nas ações de marketing. Grandes empresas chegam a destinar até 30% de suas receitas para anúncios comerciais, outdoors, ações no ponto de venda, promoções diretas para o consumidor e eventos corporativos, de lançamento de novos produtos, etc.

De acordo com o porte, é interessante contratar uma agência para desenvolver as estratégias de comunicação, a partir das diretrizes traçadas pelo departamento de marketing da empresa. Agências de renome costumam ser proativas, sugerindo opções para seus clientes, que sempre devem ser avaliadas com critério, para que possibilitem bons resultados.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

2 comentários em “Plano de Marketing – Como Fazer um Planejamento

  1. Poxa, eu acho muito legal o seu site, no entanto, em várias matérias, infelizmente nunca tem um link para o curso do titulo do post em questão.
    Acrescentar os links dos cursos que se faz propaganda, enriquece o artigo e cumpre o papel do site, que se propõe a indicar cursos grátis online.

    1. Olá Lucy,

      Muito obrigado pelo seu comentário.
      Vamos intensificar essa parte. Tentamos sempre entregar o melhor material possível aos nossos visitantes, nem sempre indicamos por falta de material de qualidade.
      Não adianta indicar coisa ruim.

      Agradecemos a visita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *