O que Estudar para o ENEM 2015

Trata-se do maior vestibular do país: saiba o que estudar para o ENEM 2015

O ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio – é utilizado no processo seletivo de todas as universidades federais do país, e também é adotado total ou parcialmente (como primeira fase) por muitas instituições estaduais e particulares de ensino superior. O exame também é necessário para solicitar o FIES (Programa de Financiamento Estudantil) e o PROUNI (Programa Universidade para Todos, de concessão de bolsas de estudos parciais e integrais em faculdades privadas).

Além disto, a participação no ENEM é pré-condição para se candidatar ao programa Ciências sem Fronteiras, que oferece bolsas no exterior, especialmente nas áreas de tecnologia, ciências exatas e de saúde. Veja o que os professores sugerem estudar para o ENEM 2015.



enem 2013

O que vai cair no ENEM 2015?

As provas do ENEM são: Linguagens (português, literatura brasileira e portuguesa e idioma estrangeiro), redação, matemática, ciências da natureza (química, física e biologia) e ciências humanas (história, geografia, sociologia e filosofia), todas elas acompanhadas pelo termo “e suas tecnologias”. O que são estas tecnologias? São as formas de acesso ao conteúdo das disciplinas: livros, laboratórios, bibliotecas, mídia impressa, internet, etc.

Em Linguagens, o exame sempre exige a interpretação de textos, seja para a análise de um trecho literário, seja para a identificação da oração principal em um período composto por subordinação (em que há uma dependência entre as orações). Para se preparar para o ENEM 2015, uma boa dica é ler toda a literatura recomendada, exercitando-se na interpretação ao fim de cada capítulo.

Desta forma, além do conteúdo de cada livro proposto, o aluno aprende também sintaxe, gramática, ortografia, concordância, além de enriquecer o vocabulário, fator fundamental para uma boa redação. No passado, alguns alunos obtiveram a nota máxima usando receitas de macarrão instantâneo e até o hino do Palmeiras (clube de futebol de São Paulo) em suas redações. No ENEM 2015, a correção deve ser mais rígida: é preciso não fugir ao tema proposto, que sempre está relacionado a um fato atual. Acompanhar o noticiário, portanto, é muito importante.

Em matemática, sempre são cobrados conhecimentos numéricos (operações em conjuntos naturais, inteiros, racionais e reais, desigualdade, fatoração, progressões e princípios de contagem), geometria plana e espacial, estatística e probabilidade, álgebra (funções de 1º e 2º graus, gráficos, equações, polinômios) e trigonometria.

enem 2013

O edital do ENEM 2015 informa que as provas visam avaliar o domínio de linguagens, a capacidade de solucionar problemas, de construir soluções e de apresentar propostas. A prova de ciências da natureza pretende comprovar que o aluno é capaz de perceber as ciências naturais como uma construção humana que contribui para o desenvolvimento econômico e social, que a ação humana pode preservar ou degradar o meio ambiente, promove a saúde pública. Mais do que saber a teoria, o candidato deve saber apropriar-se de conceitos de química, física e biologia para utilizá-los no cotidiano. A temática ambiental é muito frequente no exame.

Nas ciências humanas, é preciso saber articular os conteúdos estudados com fatos atuais. É preciso demonstrar habilidade para interpretar gráficos e as provas do ENEM sempre propõem questões interdisciplinares. Em geografia, por exemplo, não basta relacionar países e suas capitais: é preciso situá-los na história e no contexto atual, com suas características econômicas e culturais.

Como Estudar para o ENEM 2015

Uma excelente forma de estudar para o ENEM 2015 é através de provas de edições anteriores, como por exemplo a do ENEM 2014. Dessa forma, você conseguirá entender com mais facilidade como realmente as questões são aplicadas no Exame Nacional do Ensino Médio. Confira:

GABARITO DA PROVA DO ENEM 1º DIA

GABARITO DA PROVA DO ENEM 2º DIA

O ENEM 2015, como todas as outras edições, deve exigir dos candidatos a capacidade de relacionar temas das diversas áreas exigidas. Será preciso, por exemplo, conseguir interpretar o enunciado de uma questão de física, para resolvê-lo. O exame requer um conhecimento integral, e não apenas o domínio das “matérias” aprendidas no ensino médio.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *