Monte seu PC – Dicas de Boas Configurações de Computador

É preciso pesquisar antes de escolher o computador ideal: o equipamento pode não responder às necessidades do usuário.

Computadores tornaram-se eletrodomésticos. É possível encontrá-los em todas as lojas, virtuais ou físicas. Muita gente, no entanto, acaba gastando mais com um equipamento de última geração não explorado em toda a sua capacidade de processamento, enquanto outras tentam economizar e compram uma máquina aquém de suas necessidades.

Escolher a configuração do computador é ideal: a placa mãe, que interliga todos os elementos, placas de áudio e vídeo, cuja qualidade é fundamental para quem quer assistir a filmes no computador, processador, memória e memória RAM são alguns dos itens que precisam ser considerados na escolha.



PC

Monte seu PC corretamente e tenha uma boa máquina por no mínimo 2 anos

Os processadores

Antes de tudo, é preciso definir por que o computador é necessário: para digitar textos e confeccionar planilhas? Acessar as redes sociais da internet? Neste caso, a máquina equipada como processador Intel Dual Core i3 (o processador define a velocidade das ações do computador) é ideal. O preço de um destes computadores, com boa capacidade de armazenamento, gira em torno de R$ 1.200.

Alguns jogos online exigem um processador mais potente, assim como softwares de computação gráfica, que, na plataforma Windows, podem até travar em computadores mais lentos. Baixar arquivos “pesados” também é tarefa para processadores Dual Core i5 e 17, ou para algumas versões dos MacIntosh, da Apple, cujos computadores são vendidos por valores entre R$ 1.800 e R$ 2.500.

No entanto, é importante lembrar que a informática está sempre evoluindo e sempre surgem novos equipamentos. Ao surgir um novo processador, é preciso consultar um técnico para verificar a melhor opção: trocá-lo ou adquirir um novo computador, se ele não for compatível com os demais componentes.

A memória

Em geral, arquivos de Word e Excel ocupam pouca memória, assim como as fotos baixadas de câmeras digitais.  Com apenas dois gigabytes de memória física, é possível gerenciar os arquivos com rapidez, mas, com a oferta gratuita de discos na nuvem (espaços para gravação de arquivos virtuais), é possível adquirir um computador usado equipado com Intel Celeron ou AMD Athlon de apenas 500 megabytes, que não faz feio para quem quer navegar na internet ou fazer trabalhos escolares. Computadores velhos com bom desempenho podem ser adquiridos por menos de R$ 700.

Já para o tratamento de imagens, criação de pôsteres, catálogos e sites, por exemplo, é necessário mais memória: não menos do que três gigabytes. O mesmo vale para assistir a vídeos ou jogar online: geralmente, os sites descarregam arquivos, chamados “cookies”, que podem ocupar bastante espaço na memória física.

A memória física pode ser ampliada com a instalação de um novo disco rígido, ou com a substituição do antigo (caso em que é necessário fazer o backup de todos os arquivos). No entanto, esta providência não vale a pena para computadores mais antigos (em informática, “antigo” é o fabricado até 2005). O novo disco provavelmente será incompatível com as placas.

Computador

Será que você precisa de tanto? É importante avaliar para que tipo de uso seu computador será feito, assim você conseguirá fazer um orçamento ideal para as configurações que deseja.

A memória RAM

Este é um item muito importante. A memória randômica, aleatória, é fundamental para o bom desempenho do computador. Apesar de muito avançada, a tecnologia dos computadores continua sendo binária. Isto significa que, para digitar um “A”, o computador se pergunta se a letra está entre “A” e “M”, entre “A” e “F”, entre “A” e “C”, se é “A” ou “B”, para finalmente grafar a letra.

Isto sem contar que há outras probabilidades: a letra deve ser grafada de modo regular, itálico ou negrito? Com qual fonte? De que cor? Com que corpo (tamanho)? O computador precisa tomar todas estas decisões e o usuário não quer que ele perca tempo com isto. Assim, quanto maior a memória RAM, mais rápida a velocidade da máquina.

Vídeos (mesmo os do Youtube), jogos e atividades gráficas são praticamente impossíveis com menos de 512 megabytes de memória RAM. O ideal, porém, é adquirir um computador com ao menos um gigabyte (1.024 megabytes). Felizmente, as opções no mercado já oferecem ao menos esta configuração, e a boa notícia é que é possível expandir a memória RAM, adquirindo pentes: a maioria dos equipamentos prevê espaço para a ampliação da memória.

Computadores mais antigos possuem apenas dois slots – o tal espaço para o pente. Por isto, é preferível comprar memórias grandes (há pentes de até quatro gigabytes) e, se for necessário, trocar o pente original por um mais potente.

Computadores podem atingir preços acima de R$ 20 mil reais, mas são indicados apenas para uso profissional, em editoras e agências de propaganda, por exemplo. Verificando as suas necessidades domésticas, é possível encontrar uma opção barata, mesmo que seja temporária.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *