Gastronomia: Faculdade e Curso para se Tornar Chef de Cozinha

Você é do tipo de pessoa que gosta de cozinhar para os amigos ou para a família, e que está procurando trilhar uma nova carreira? Por que não investir na Faculdade de Gastronomia?

O curso de chef está em alta e é a primeira opção de muitos jovens e adultos. E engana-se quem pensa que na faculdade de gastronomia aprende-se apenas a cozinhar: o conteúdo permite que o aluno domine também todas as técnicas que envolvem a gestão de restaurantes. Conheça um pouco mais sobre curso, a carreira e o mercado de trabalho.

gastronomia



Faculdade de Gastronomia e Profissão Chef

O Gastrônomo é o profissional responsável por planejar e produzir cardápios alimentares nacionais e internacionais para restaurantes, lanchonetes, buffets, companhias aéreas, hotéis e indústrias. Este planejamento é realizado com base nos métodos de segurança alimentar, garantindo higiene e segurança durante o preparo dos pratos.

Além de cuidar do preparo dos alimentos em si, o Gastrônomo também deve gerir todo o processo de produção da cozinha, ou seja, supervisionar auxiliares de cozinha, além de treiná-los; negociar preços com fornecedores e criar estratégias que visem a valorização do estabelecimento e de seus pratos.

Para profissionais que não desejam atuar ativamente dentro da cozinha, há ainda a oportunidade de atuar como consultor e prestar serviços para restaurantes, lanchonetes, indústrias e hotéis, na elaboração e modificação de cardápios.

O salário inicial de um gastrônomo varia de acordo com o tipo de estabelecimento escolhido. Porém, para quem trabalha diretamente na coordenação e preparação de pratos, os rendimentos iniciais podem variar entre R$900 e R$1.500.

No entanto, um chef de cozinha no auge da carreira e renomado pode ganhar milhões. Isso dependerá de como você irá gerir sua carreira, se especializar e ser bom no que faz aproveitando as oportunidades que surgirem.

chef de cozinha

Curso de Gastronomia

Num primeiro momento, todos pensam que cursar Faculdade de Gastronomia é fácil. Afinal, você irá cozinhar e comer os próprios experimentos. Mas as aulas são mais sérias do que se imagina.

Existem duas opções para quem quer fazer uma Faculdade de Gastronomia: os cursos superiores tradicionais (com duração de 4 anos) e os superiores tecnológicos (com duração de 2 anos a 2 anos e meio).

Apesar de o período de conclusão ser diferenciado, a grande diferença entre as duas modalidades é o tipo de exposição do conteúdo: enquanto nos superiores tradicionais o aluno obtem um vasto conhecimento – tanto prático quanto teórico – nos cursos tecnológicos as aulas são mais voltadas à prática, formando o profissional para entrar mais rapidamente ao mercado de trabalho.

Na faculdade de Gastronomia tradicional, algumas das matérias abordadas são história da gastronomia, bioquímica, microbiologia e segurança dos alimentos, funcionamento de restaurantes, desenvolvimento de pessoal e higiene, arte em frutas e legumes, enologia, café da manhã e serviço de quarto e cozinha alternativa.

Já nos cursos tecnológicos, os destaques vão para as seguintes matérias: manuseio de instrumentos, técnicas de preparo, higiene e segurança alimentar, preparo e organização de buffets e banquetes.

E aí, se animou em fazer uma faculdade de Gastronomia? Então aproveite, pois a profissão está em alta e as oportunidades de contratação estão surgindo de todos os lados!


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *