Faculdade de Cinema: Como é o Curso?

Uma pergunta que sempre vem à mente dos fascinados por filmes é: vale a pena fazer faculdade de Cinema?

O crescimento do cinema nacional, a melhor qualidade dos anúncios comerciais, a concorrência entre as emissoras de televisão (especialmente entre os canais por assinatura) e os conteúdos publicados especialmente para tablets e smartphones apontam para uma resposta afirmativa: sim, vale a pena fazer faculdade de Cinema. O mercado de trabalho está aquecido para estes profissionais.

Mas há outros desafios. Há vários cursos gratuitos (USP, UNICAMP, UnB, UFF e UFSCar são exemplos de boas faculdades de Cinema, mas são muito concorridas). A saída, então, é matricular-se em um curso particular (como os da FAAP, de São Paulo, e a PUC do Rio). As mensalidades, no entanto, são bastante caras. Ao todo, apenas 21 instituições oferecem a faculdade de Cinema.



Os bacharéis em Cinema enfrentam a concorrência de graduados em Rádio e TV e dos muitos egressos dos cursos paralelos ou livres. Um dos maiores cineastas do Brasil, Fernando Meireles, é arquiteto por formação. Entram na competição também os autodidatas, que aprenderam as técnicas da sétima arte por conta própria, através de erros e acertos.

cinema

Faculdade de Cinema

Candidatos à faculdade de Cinema devem ser criativos, expansivos, com boa facilidade de comunicação e, claro, gostar de contar histórias com imagens e sons. Saber falar outros idiomas também ajuda nos contatos com produtores e empresários.

É importante saber que, ao terminar o curso, dificilmente o bacharel vai ser “agraciado” com uma megaprodução. As faculdades de Cinema são bem estruturadas, mas é preciso conquistar experiência antes de alçar voos mais altos. Passar por todas as etapas da produção de um filme ajuda a traçar um panorama sobre a profissão e suas especificidades.

Mercado de Trabalho para Cinema

No entanto, ao terminar a faculdade de Cinema, existe boa diversidade nas áreas de atuação: é possível trabalhar com roteirização, direção, fotografia, sonorização e edição de filmes ficcionais, publicitários ou documentários, no planejamento e criação de programas de TV, no desenvolvimento de filmes e animações, etc.

Com tantas opções – cineasta, diretor, editor, técnico de som e imagem, montador, roteirista, entre outros –, os salários dos bacharéis em Cinema variam bastante. A média inicial, em uma pequena produtora, fica por volta de R$ 1.200, mas quem consegue atingir o estrelato, mesmo que seja em um segmento menos atraente, pode ganhar verdadeiras fortunas.

faculdade de cinema

Formação em Cinema, vale a pena?

A faculdade de Cinema e Audiovisual é bem abrangente. Os alunos estudam Informática para o Audiovisual, História da Arte, História do Cinema, Estética e Teoria do Cinema, Cinema Brasileiro, Roteiro, Estética e Teoria da Fotografia, Teoria da Montagem, Teoria do Som e da Música para o Cinema, Direção de Arte, Edição, Produção, Crítica Cinematográfica, Finalização, Cinema de Animação, Direção de Elenco, Cinema Publicitário, Documentários, além de disciplinas como Metodologia de Pesquisa, Antropologia e Sociologia.

Para obter o diploma, é preciso passar por três semestres de estágio supervisionado. Algumas faculdades exigem a apresentação de um trabalho de conclusão de curso.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *