Engenharia Elétrica: Carreiras que Pode Seguir e os Salários

A engenharia elétrica trata da geração, da transmissão, do transporte e da distribuição da energia elétrica. Assim, o profissional engenheiro elétrico é responsável pelo planejamento, pela supervisão e pela execução de projetos nas áreas de eletrotécnica e que estejam relacionadas à potência da energia.

Devidamente capacitado para construir e para aplicar os sistemas de automação e de controle em linhas de produção industrial, em favor de desenvolver os componentes eletroeletrônicos, ao operar e manter equipamentos em hospitais e clínicas e em indústrias, comércios e casas particulares, o engenheiro elétrico também participa do projeto e construção de usinas hidrelétricas, termelétricas e as nucleares.

engenharia elétrica



A engenharia elétrica pode ser apresentada através de outros nomes por instituições de ensino como por exemplo: Ciência e Tecnologia (eng. elétr.); Ciências exatas (eng. elétr.); eng. elétr. e eletrôn.; eng. elétr. eletrot.; eng. ind. elétr.

Atente-se, e se prepare para encarar muitos cálculos. O curso de graduação começa com disciplinas de matemática, física e informática. No entanto a parte preferida dos estudantes de engenharia elétrica é com toda certeza as aulas práticas e experimentos que serão feitos no laboratório, esses iniciam também bem no início do curso.

Áreas de Atuação

  • Automação
  • Eletrônica
  • Eletrotécnica (potência e energia)
  • Engenharia biomédica
  • Hardware e programação
  • Instrumentação
  • Microeletrônica
  • Telecomunicações

São vários os locais de emprego para os engenheiros elétricos, além das funções já mencionadas, esse profissional pode atuar em empresas de telecomunicações, em indústrias de equipamentos, de automação, em fábricas de motores e de geradores, em consultorias ou em empresas que prestam serviços de computação, o que se sabe é que o mercado de trabalho para o engenheiro elétrico está em destaque e que oportunidades para a sua atuação não faltam.

Entre as carreiras incluídas para o profissional formado em engenharia elétrica, destacam-se as seguintes: a área de automação, em que as tarefas incluídas consistem no projeto de equipamentos eletrônicos que são destinados à automação de linhas de produção industrial; a área eletrônica, em que o profissional desenvolve circuitos eletrônicos em favor da aquisição de dados e da transmissão de dados por radiofrequência, por exemplo.

engenheiro de eletricidade

+ Confira:

Engenheiro Elétrico

Já se o profissional engenheiro elétrico preferir atuar no ramo da eletrotécnica, suas funções incluirão o planejamento e a operação de sistemas elétricos, desde a geração à distribuição final da energia, bem como se responsabilizará pelo projeto e construção de usinas, de estações, de redes de geração de energia e de equipamentos que são utilizados na geração, na transmissão e na distribuição, ampliando as redes de alta tensão e as mantendo em perfeito estado de funcionamento.

Para quem quer atuar na engenharia biomédica, a função do engenheiro é de projetar e de construir equipamentos de cunho médico e assistenciais em hospitais, clínicas e laboratórios de acordo com sua utilização; a área de hardware e de programação exige que seus profissionais desenhem os componentes e desenvolvam sistemas; no ramo da instrumentação, o profissional engenheiro elétrico projeta e desenvolve equipamentos para a realização de medidas, de registro de dados e de atuadores.

Já se o engenheiro prefere a área da microeletrônica, suas tarefas incluirão o projeto, a fabricação e o teste de circuitos integrados que são destinados a sistemas de computação e seus correlatos.

Por fim, a área de telecomunicações para o engenheiro elétrico exige que ele desenvolva serviços de expansão  de telefonia e de transmissão de dados por imagem e por som, bem como que ele projete e construa sistemas e equipamentos para o mesmo fim.

engenheiro elétrico


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *