Dicas para Trabalhar na Austrália: Visto, Empregos, Salários

É um dos países mais procurados para intercâmbio. Descubra como trabalhar na Austrália.

A Austrália é um dos poucos países do mundo que permite, apenas com o visto de estudante, obter um emprego. Portanto, é um destino ideal para quem quer estudar e ganhar algum dinheiro durante a temporada fora do país. Além disto, os brasileiros conseguem se adaptar com mais facilidade ao país do Novíssimo Continente, em função do clima semelhante, praias, muita diversidade cultural e receptividade dos australianos.

É absolutamente impossível entrar como clandestino no país, aonde só se chega de avião ou navio. Por isto, não conte com coiotes propondo travessias clandestinas. Também é bastante difícil trabalhar na Austrália apenas com o visto de turista: os poucos empregos são mal remunerados e o risco de deportação é muito grande.



Se a ideia não é fazer uma graduação ou especialização, é possível contratar apenas um curso de inglês, apesar de o sotaque dos australianos ser muito diferente do identificado em americanos e ingleses.

Os brasileiros podem requerer o visto de estudante ainda antes de viajar, desde que o curso tenha duração mínima de 13 semanas. É preciso ficar atento: os documentos para a permanência na Austrália são enviados diretamente à escola onde o estudante está matriculado. Caso haja desistências, o visto nunca irá chegar às mãos do requerente. Além disto, ele é renovado a cada três meses.

trabalhar na austrália

Brasileiro trabalhando na Austrália, pode?

Após estar instalado no país e com os documentos em mãos, é preciso batalhar para conseguir um emprego. Uma dica: nunca saia de casa (ou do hotel) sem um currículo: as melhores chances aparecem quando menos esperamos. Direcione a sua busca para algo que domine ou ao menos conheça as noções: para trabalhar na Austrália como garçom, não faz a menor diferença se você tem pós-graduação em astrofísica. As embaixadas brasileiras e escritórios de intercâmbio mantêm murais com propostas de emprego em diversas cidades.

Os estudantes estrangeiros têm direito a trabalhar na Austrália em jornadas semanais máximas de 20 semanas durante os períodos letivos e o dobro disto (período integral) nas férias. Na maioria dos cursos de idiomas, as aulas se estendem por dez semanas, seguidas por 20 dias de descanso.

Uma vez obtido o emprego, o governo emite automaticamente o Tax File Number, para que os impostos devidos sejam recolhidos pelo empregador e debitados automaticamente nos salários. Várias operadoras de intercâmbio cultural facilitam a vidados estudantes, já providenciando toda a documentação aqui mesmo.

Após o término dos estudos, o turista tem direito a permanecer trabalhando por mais dois anos na Austrália. É uma excelente maneira de adquirir experiência e melhorar o currículo antes de voltar para o Brasil.

brasileiros na austrália

Como Trabalhar na Austrália?

A Austrália é um país tropical, mas nem por isto os candidatos podem se apresentar de bermuda e chinelos. Não é necessário um traje social em uma entrevista (a menos que a procura seja por uma vaga de barman ou garçom), mas barriga de fora, barba mal feita, decotes e maquiagem exagerados contam pontos negativos na avaliação.

Esteja sempre em contato com outros estudantes enquanto procura um emprego e, uma vez trabalhando na Austrália, divulgue as novas vagas que estejam surgindo. É uma bela maneira de fazer networking, sem precisar recorrer a intermediários.

Seja simpático, pontual, bem humorado e não tenha medo de dialogar em inglês. Estudos indicam que 23% das pessoas que vivem na Austrália vieram de outros países. Assim, sotaques carregados e erros de gramática são mais do que comuns.

Outro destino: Estudar no Canadá: Como Tirar o Visto e Quanto Custa o Intercâmbio


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *