Curso Técnico em Farmácia – Profissão, Mercado de Trabalho

O objetivo é identificar os diversos produtos e fórmulas. O curso técnico em Farmácia abre boas perspectivas.

O curso técnico em Farmácia habilita o profissional a colaborar na assistência aos clientes, sempre com supervisão de um farmacêutico. O trabalho atende à promoção em saúde, ao preparo de produtos farmacêuticos e cosméticos e aos controles de estoques e armazenamento de produtos e insumos utilizados nesta indústria, nos segmentos homeopático, alopático e fitoterápico.

O técnico em Farmácia geralmente é responsável pelas práticas de compra, acondicionamento e dispensação de produtos, pelo controle e manutenção dos estoques de remédios e matéria prima (de acordo com normatizações previstas em lei), pelo preparo das substâncias, podendo atuar em laboratórios de produção, unidades básicas de saúde, farmácias (inclusive de manipulação), hospitais e na indústria farmacêutica e suas distribuidoras.



Por se tratar de um curso previsto pelo Ministério da Educação (no eixo tecnológico “Ambiente, Segurança e Saúde”), o certificado de conclusão do técnico em Farmácia, uma vez registrado nas secretarias estaduais de saúde, permite o exercício da profissão em todo o país. No entanto, o profissional não tem direito ao registro no Conselho Regional de Farmácia.

curso técnico em farmácia

Curso Técnico em Farmácia

A grade curricular do curso técnico em Farmácia prevê disciplinas que abordem os seguintes temas: Fundamentos para o Atendimento, Políticas, Sistemas e Promoção em Saúde, Noções de Farmacologia, Microbiologia, Anatomia Humana, Biossegurança, Vigilância Sanitária, Controle de Qualidade, Produção de Medicamentos e Cosméticos, Farmácia Hospitalar, além de Marketing e Vendas, Ambientação Profissional e Gestão Empreendedora.

Os temas relacionados à administração são especialmente úteis para quem pretende abrir seu próprio negócio. Para a conclusão do técnico em Farmácia, não está previsto o cumprimento de estágio supervisionado, mas a maioria das escolas mantém conversações com as empresas regionais, para que o aprendizado prático possa ser adquirido simultaneamente às aulas teóricas.

O MEC recomenda que as escolas, para ministrarem o curso técnico em Farmácia, devem estar equipadas com biblioteca atualizada e os seguintes laboratórios: anatomia e fisiologia, informática (com programas específicos), manipulação farmacêutica e microbiologia.

A maioria das escolas técnicas exige que os candidatos ao processo seletivo para o curso técnico em Farmácia tenham idade mínima de 16 anos já tenham concluído a 1ª série do ensino médio. A legislação varia de Estado para Estado. O curso tem duração de dois anos.

técnico em farmácia

Carreira de Técnico em Farmácia

O mercado de trabalho é bastante amplo, já que, além de laboratórios, hospitais e postos de saúde, todas as drogarias brasileiras precisam contar com um técnico em Farmácia para orientar os consumidores, especialmente na ingestão de medicamentos que não exigem prescrição médica, como analgésicos e antitérmicos leves.

Quanto Ganha?

Os salários variam bastante, já que o piso da categoria é definido a partir de acordos entre sindicatos de empregados e associações de empregadores. Na iniciativa privada, o piso varia entre R$ 800 e R$ 1.800 mensais; nos órgãos públicos, a média é de R$ 1.300.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *