Curso de Japonês – Aprenda a Falar Japones

Um curso de japonês é útil para quem trabalha em multinacionais nipônicas, quer atuar como tradutor ou apenas exercitar a memória.

Estudar japonês pode significar a porta de entrada para novas oportunidades de emprego. Muitas empresas japonesas têm sucursais no Brasil e um curso do idioma do País do Sol Nascente pode ser um diferencial no momento da contratação. Para quem pensa em viajar para o Japão, conhecer ao menos o básico do japonês permite melhor aproveitamento da cultura do país. Além disto, estudar uma língua tão diferente ajuda a melhorar a memória e a concentração.

Curso de Japonês



Curso de Japonês

Um curso de japonês começa com a apresentação do silabário. A escrita japonesa é silábica: cada símbolo, chamado “kana”, representa um fonema, ao contrário das línguas ocidentais, em que, para representar uma sílaba, são necessárias ao menos duas letras. Aprender os ideogramas é uma atividade técnica e, ao mesmo tempo, artística.

As aulas continuam com expressões do dia a dia, como cumprimentos, apresentações, opiniões e agradecimentos. Em geral, as escolas apresentam a grafia ideográfica ao lado da representação com as nossas letras. Falar japonês não é apenas dominar o idioma: existe uma série de gestos corporais que acompanham a fala, como os curvamentos e movimentos de mãos.

Algumas regras de relacionamento

Os alunos continuam o aprendizado com a utilização de pronomes, verbos, adjetivos e verbos. Numa cultura tão diferente, é preciso aprender também algumas regras de convivência: por exemplo, quando se oferece um alimento, mesmo que a pessoa não o aprecie, deve inicialmente agradecer (“arigatô gozaimasu”).

Em seguida, pode-se recusar a refeição com o “chotto”, que significa um “bem…” e não é uma recusa, mas uma evasiva. No ambiente de trabalho, uma sugestão pode ser recusada com “kentô shitemimasu”, que literamente significa “vou considerar”, mas, na prática, quer dizer que a sugestão não vai ser adotada. Não basta aprender o idioma: é preciso pensar como um japonês, para conseguir relações harmônicas.

Para os alunos de cursos presenciais de japonês, e mesmo para cursos online, em reuniões nas salas de bate-papo, a pontualidade é fundamental: um atraso de apenas cinco minutos é considerado uma descortesia pelos nipônicos. Portanto, é preciso chegar com antecedência aos compromissos.

Cursos de licenciatura

Algumas universidades públicas e privadas oferecem o curso superior de Letras – Japonês. A maioria das instituições está sediada em grandes metrópoles brasileiras. A Universidade de São Paulo e a Universidade Federal do Paraná, os dois Estados com as maiores colônias japonesas do país, são exemplos de instituições que oferecem esta opção.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *