Curso de Informática Básica

Cursos Gratuitos // Cursos de Informática // Curso de Informática Básica



Até o início da década de 1990, datilografar e saber usar uma calculadora eram suficientes para conseguir um emprego. Os computadores já existiam, mas seu uso era limitado a algumas seções da empresa. Em 1992, com o fim das restrições para produtos eletrônicos, entretanto, tudo mudou: o Windows espalhou-se por todos os locais. As máquinas de escrever foram aposentadas, dando lugar os PC 286, lentíssimos para os padrões de hoje, mas uma revolução na época. Saber informática básica passou a ser requisito para quase todas as profissões.

Poucos anos depois, a internet (discada), com velocidade de 56,6kbps (quilobits por segundo), começou a se tornar popular. Hoje, a velocidade mínima oferecida pelas operadoras e de 150Mbps (megabits por segundo – 1 mega = 1.000 quilos) e um terço dos domicílios brasileiros tem acesso à rede mundial.

O microcomputador conjuga processadores de texto, calculadoras, planilhas eletrônicas, bancos de dados, programas para criação de slides, computação gráfica, jogos, tocadores de música… Tornou-se imprescindível. Pessoas que não dominam ao menos algumas destas ferramentas podem ser considerados analfabetos funcionais.

Curso de Informática Básica

Publicidade

O que se aprende no Curso de Informática Básica

Para quem não tem nenhuma noção de informática, é preciso começar pelo básico: o funcionamento do Windows, sistema operacional mais popular no Brasil e no mundo. É o Windows que permite o acesso aos programas instalados no computador. Num curso de informática básica, o aluno é apresentado ao sistema operacional e conhece suas tarefas: os gerenciadores de programas e arquivos, as configurações que serão mostradas no monitor (tamanho das letras, cores, protetores de tela) e os programas embutidos no sistema operacional: calculadora, bloco de notas, visualizador de imagens, etc.

Em seguida, é preciso aprender a usar ao menos três programas: Word, Excel e PowerPoint, todos do pacote Office, da Microsoft.

Word

O Word é um processador de textos com muitos recursos, apesar de a maioria usá-lo apenas como máquina de escrever. Com ele, pode-se definir o tipo e tamanho de letra que será usado, incluir cabeçalhos, notas de rodapé e números de página, definir o layout da página (tamanho da folha, horizontal ou vertical, etc.), incluir referências, fazer correspondências com outros arquivos e até definir uma taquigrafia própria: digitar apenas as iniciais, e o programa entende que é para escrever seu nome completo, por exemplo, ou qualquer abreviatura que o usuário queira fazer.

Excel

O Excel é um editor de planilhas, que permite criar calendários, orçamentos, faturas, listas de tarefas e aniversários, etc. Faz operações matemáticas, permite a inserção de fórmulas de lógica (certo ou errado; verdadeiro ou falso, etc.) e permite personalizar a apresentação com cores, tipos de letra e tabelas de diferentes formas. Também oferece a criação de gráficos e a classificação dos dados digitados em ordem numérica ou alfabética.

PowerPoint

O PowerPoint é um programa para criação de slides. Pode ser usado para mostrar fotos com um projetos, mas sua função principal é criar apresentações profissionais. Podem ser inseridos gráficos, ilustrações, fotos, legendas, textos explicativos, planos de fundo, etc. a apresentação pode ser personalizada como nos demais programas.

O pacote Office permite a revisão de grafia, mas seu dicionário é bastante limitado; precisa ser alimentado, especialmente para quem usa muitos termos técnicos. No entanto, ele é bem amigável e, depois de um curso básico, o usuário vai descobrindo novos recursos, de acordo com suas necessidades.

Sabendo escrever, calcular e importar imagens, é hora de aprender a navegar na internet, onde é possível pesquisar, conversar com os amigos, enviar e-mails, jogar, ler jornais e revistas, baixar filmes e músicas e muito mais. Quem navega pela internet pode passar horas visitando sites, sem perceber.

Curso de Informática Básica

Curso de Informática Básica

Existem várias escolas de informática em todo o país e, caso o aluno não encontre uma em sua cidade, ou não tenha tempo para deslocar-se para fazer um curso presencial, pode estudar a distância. Como se trata de cursos livres, a presença do aluno não é exigida nem para fazer as provas. SENAI e SENAC, por exemplo, oferecem cursos gratuitos e pagos. O Instituto Monitor é uma opção para cursos a distância. A Microlins também é uma escola reconhecida nessa área.

Boa parte das escolas tem autorização do MEC para expedir certificados com validade em todo o país. Antes de fazer a matrícula, é preciso verificar a regularidade do curso, possíveis reclamações nos procons e depoimentos de ex-alunos.

Quem já tem familiaridade com a informática pode ampliar seus conhecimentos com outros cursos. Uma sugestão é o Access, o banco de dados do pacote Office. Ao contrário dos demais programas, o Access não é tão simples de operar, mas certamente é um diferencial no currículo de quem domina suas ferramentas. Existem muitos outros programas específicos para determinadas profissões, que podem ser feitos de acordo com as necessidades de cada um.

+ Confira também: Curso de WebDesign grátis



Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos
| categoria: Cursos de Informática Tags: , , , , , curso de informatica basica gratis online com certificado, curso online gratuito de informatica basica, cursos de informatica basica
Comente no Facebook

1 Comentário sobre "Curso de Informática Básica"

Participe você também, faça seu Comentário!

  1. Rosangela disse:

    ACHEI BACANA E QUERO PARTICIPAR.PORQUE QUERO FAZER UM DIFERENCIAL,POIS GOSTO DE INFORMÁTICA E O LEQUE DE CONHECIMENTOS QUE ELA ABRI INFORMACÕES ATUALIDADES E OUTROS.

Participe você também, Faça um Comentário!

Copyright © CURSOS GRATUITOS | CURSOS ONLINE GRATIS. Todos os direitos reservados .
Desenvolvido por Curso Gratis Online...