Curso de Eletrônica SENAI – Inscrição e Informações

Componentes elétricos e eletrônicos fazem parte do dia a dia do curso de Eletrônica do SENAI.

O SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – foi criado por industriais, em 1942. O objetivo era qualificar empregados para a indústria brasileira. O Brasil ainda engatinhava neste setor, mas já estava claro que o desenvolvimento só seria resultado da educação profissional. Hoje, a entidade é uma das melhores referências do SENAI e o curso de Eletrônica é uma excelente opção para jovens que gostam das ciências exatas e querem apressar a sua capacitação para o trabalho.

Os alunos que concluem o curso de Eletrônica do SENAI encontram boas vagas no mercado de trabalho. Eles estão aptos a realizar reparos ou ajustes em componentes e equipamentos, testar o funcionamento e identificar disfunções, inspecionar eventuais desgastes de fios e perdas de conexões e programar equipamentos com o auxílio da informática. Os profissionais trabalham no planejamento, supervisão e execução de projetos de sistemas eletroeletrônicos.



Os técnicos em Eletrônica podem atuar em indústrias de máquinas, eletrônicos, componentes elétricos e automação industrial, laboratórios de controle de qualidade e oficinas de reparos de TVs, aparelhos de som, computadores, etc., inclusive abrindo o seu próprio negócio.

Uma curiosidade: o astronauta Marcos Pontes, primeiro brasileiro a ir para o espaço, em 2006, entrou para o curso de Eletrônica do SENAI quando tinha 14 anos, em Bauru (SP), sua cidade natal. Posteriormente, Pontes cursou Tecnologia Aeronáutica e Engenharia Aeronáutica. O astronauta tem o título de mestre em Engenharia de Sistemas.

curso de eletrônica senai

Curso de Eletrônica SENAI

O curso de Eletrônica do SENAI é de nível técnico. Portanto, os candidatos precisam ter concluído o ensino fundamental (em algumas unidades da federação, a exigência é a conclusão do 1º ano do ensino médio). A carga varia entre 1.200 e 1.500 horas de aula.

No curso, os alunos recebem aulas teóricas e práticas sobre eletricidade, eletrônica analógica, desenho técnico, informática, técnicas digitais, análise de circuitos, desenho auxiliado por computador (CAD) para circuitos eletrônicos, projetos e manufatura, automação hidráulica, automação pneumática, redes de comunicação de dados, programação de computadores, eletrônica industrial, arquitetura de microcomputadores, projetos, sistemas de produção e qualidade, máquinas e ferramentas com comandos computadorizados e robótica.

O curso de Eletrônica do SENAI também tem aulas sobre a terminologia utilizada nas funções, fontes alternativas de energia, física, matemática e estruturação de empresas, disciplina fundamental para quem quer abrir seu próprio negócio.

Em 2015, o SENAI prevê abertura de vagas para o curso de Eletrônica para diversos municípios brasileiros (é um dos cursos mais procurados na entidade). É preciso pesquisar nos sites (os endereços eletrônicos são diferentes em cada unidade da federação) para acompanhar a abertura das inscrições e o processo seletivo.

O SENAI, que mantém uma política de gratuidades para estudantes carentes, também oferece vários cursos livres na área, como auxiliar de eletrônica, eletrônica digital, manutenção eletroeletrônica, comandos elétricos e outros. Eles são ideais para quem busca a primeira oportunidade profissional ou quer ampliar o seu leque de opções no mercado de trabalho, candidatando-se a vagas mais atraentes e rentáveis.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *