Curso de Artes Cênicas – O que é? Faculdade e Informações

O teatro existe há milhares de anos. Descubra os melhores cursos de Teatro para transformar talento em profissão.

Os cursos de Artes Cênicas são graduações e licenciaturas destinadas a formar atores, diretores, iluminadores, cenógrafos e figurinistas, para atuar no teatro, cinema e TV. O mercado de trabalho não se restringe a novelas, minisséries, filmes e peças: o ator pode trabalhar em publicidade e propaganda, em anúncios comerciais, eventos corporativos e na formação.

Aliás, para os interessados nos cursos de Teatro, é preciso informar que a maioria dos graduados trabalha na penumbra: a ribalta fica reservada a poucos e bons que, além do dom natural, conseguem desenvolver-se e, com uma boa dose de sorte, obter fama e fortuna. Existe mais um agravante: como a profissão é reconhecida, mas não é regulamentada, ela enfrenta a concorrência de outros profissionais, como graduados em moda, arquitetos e muitas pessoas sem formação específica.



artes cênicas curso

Curso de Artes Cênicas

Da forma como nós o conhecemos no Ocidente, o teatro surgiu na Grécia antiga, no século IV a.C. Trata-se de uma evolução das festividades para homenagear Dioniso, o deus do vinho e do prazer. Nas procissões para reverenciar a divindade, surgiram personagens bastante comuns no teatro grego, como o narrador e o coro.

Posteriormente, surgiram autores teatrais até hoje encenados, como Aristófanes, Eurípedes, Ésquilo e Sófocles, provavelmente o mais importante dramaturgo da Antiguidade Clássica. Ele escreveu peças como “Édipo Rei”, “Antígona”, “Electra” e “As Traquínias”, disputadas pelos melhores atores do mundo nas montagens atuais.

O teatro foi transportado para Roma – o imperador Nero foi um de seus principais incentivadores, mas, com a crescente influência da Igreja Católica, ele praticamente desapareceu e só ressurgiu na Idade Moderna, com o português Gil Vicente (“Auto da Barca do Inferno”, “Auto da Sibila Cassandra” e “A Farsa de Inês Pereira”).

O inglês William Shakespeare – “o Bardo Imortal” – recuperou técnicas do teatro grego (como a peripécia, o momento em que a história começa a não dar certo nas tragédias – um exemplo é o frade que tenta avisar Romeu de que Julieta está viva, mas fica preso em uma cidade assolada pela peste, o que acaba provocando o suicídio do jovem casal).

A Commedia Dell’arte popularizou personagens comuns em nosso Carnaval e música: Pierrô, Arlequim e Colombina. Nascida na Itália, a comédia transferiu-se para a França e, rompendo as algemas dos personagens fixos, permitiu o surgimento de autores como Molière (Jean Baptiste Poquelin) e Edmond Rostand, que criou o clássico “Cyrano de Bergerac”.

O teatro se universalizou, gerou o vaudeville (gênero bastante comum nos EUA no início do século XX) e transferiu-se para o cinema (de início, mudo) e posteriormente para a TV. No Brasil – e também no México –, a telenovela é o gênero mais popular.

artes cênicas

Os Melhores Cursos de Artes Cênicas do Brasil

De acordo com o Guia do Estudante, que leva em conta as notas do ENADE (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, do Ministério da Educação), os melhores cursos de Artes Cênicas do país são os oferecidos pelas universidades:

  • UFBA (Universidade Federal da Bahia, o único a receber cinco estrelas);
  • UnB (Universidade de Brasília);
  • UFG (Universidade Federal de Goiânia);
  • UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte);
  • UFPB (Universidade Federal da Paraíba);
  • UEL (Universidade Estadual de Londrina, no Paraná);
  • UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro);
  • UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre);
  • UFSM (Universidade Federal de Santa Maria – RS) e Universidade Anhembi Morumbi (em São Paulo).

Vale lembrar que as universidades públicas de São Paulo – USP, UNESP e UNICAMP – não participam do ENADE, mas são referência de qualidade em diversas áreas do conhecimento, inclusive as Artes Cênicas. A Escola de Comunicação e Artes (ECA) da USP encenou “Hair” recentemente, um sucesso dos anos 1960 e 1970, e esta encenação é consideradas uma das melhores da história.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *