Prestar Concurso Público Fazendo Administração, é permitido?

Além de trabalhar em diversas áreas, bacharéis de Administração também podem prestar concurso público.

Ser aprovado em um concurso público é o sonho de muitas pessoas. A estabilidade no emprego, os bons salários iniciais e a aposentadoria integral. Os bacharéis em Administração estão habilitados para prestar concurso público em diversas carreiras que exigem nível superior, em todas as esferas da gestão – municipal, estadual e federal. As mais concorridas são as funções de fiscal e auditor em muitas categorias.

Posso prestar Concurso com Faculdade de Administração?

As exceções ficam por conta dos pré-requisitos de cada concurso público. Por exemplo, os cargos de juiz, promotor e defensor público são privativos dos bacharéis em Direito. Muitos outros processos seletivos são abertos especificamente para graduados em diferentes áreas, como Biologia e Farmácia.



Os cursos de graduação tecnológica relacionados à Administração também permitem que seus concluintes prestem concursos públicos. Apesar da carga horária menor, cursos como Recursos Humanos, Gestão Contábil ou Contábil, Comércio Exterior, Logística, etc. franqueiam a seus ex-alunos o acesso à administração pública, desde que os certificados de conclusão sejam reconhecidos pelo Ministério da Educação.

administração de empresas

Curso de Administração

Mais de 300 mil estudantes ingressam anualmente nos cursos de Administração no país, em mais de 1.800 instituições de nível superior. A procura é grande justamente por se tratar de um curso generalista, que abre um amplo leque de possibilidades de trabalho.

+ Leia também: As Melhores Faculdades de Administração do Brasil

O grande problema, para quem decide cursar Administração, é a qualidade oferecida pelas faculdades. Nos últimos dez anos, houve um “boom” na abertura de novos cursos que não primam pela boa formação acadêmica.

Assim, seja para trabalhar nas diversas áreas da Administração – finanças, marketing, investimentos, organização, recursos humanos, etc. – seja para prestar um concurso público, os alunos concluem o curso sem a bagagem mínima para obter êxito na carreira. Os “concurseiros” – jovens que se dedicam a estudar para concursos nos muitos setores da gestão pública – acabam tendo que se matricular em cursinhos específicos – e isto significa mais despesas e mais dispêndio de tempo.

concursos públicos para administração

Impedimentos

Mesmo sonhando com uma vaga, existem alguns impeditivos para quem deseja seguir a carreira pública. Se o candidato se classificar ainda entre o número de vagas oferecido pelo concurso público, ele tem direito à nomeação (a leitura atenta do edital é fundamental, porque há processos para formação de cadastro de reserva).

Como todos os demais candidatos, os bacharéis em Administração, para serem aprovados em concursos públicos e nomeados para o cargo precisam estar em dia com as obrigações eleitorais e militares, além de comprovar a escolaridade exigida, a idade mínima e aptidão comprovada em exames físicos e mentais.

Muitas instituições exigem que os candidatos não tenham o nome inscrito em cadastros de devedores ativos (como SERASA e SPC). Assim, um cheque devolvido duas vezes pode impedir a integração no serviço público. Estar respondendo a inquéritos policiais ou processos judiciais também pode ser a causa da não nomeação para o serviço público. Em geral, as instituições promotoras dos concursos concedem um prazo para a regularização das pendências.

Por fim, um servidor demitido por ato de improbidade administrativa precisa esperar dez anos para prestar mais um concurso público. A exoneração (por iniciativa própria) não é um impeditivo para uma nova nomeação. Servidores aposentados só podem concorrer a um novo cargo em situações especiais (cargos de professor, na área da justiça e da saúde).


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *