Como Funciona o FIES – Financie a Faculdade

Você se formou no ensino médio, está pronto para dar sequencia em sua formação, mas infelizmente não tem como pagar a tão sonhada universidade. Com a grande concorrência para conseguir uma vaga nas diversas faculdades gratuitas espalhadas pelo Brasil, a universidade privada é a solução, mas nem sempre cabe no orçamento. Desistir não pode ser o primeiro pensamento na cabeça, principalmente com possibilidades como o FIES, programa criado justamente para criar a possibilidade de dar continuação aos estudos e formação acadêmica.

FIES

O que é o FIES?

O FIES – Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior é um programa criado pelo governo federal cujo objetivo é financiar o valor total ou parcial dos estudos de graduação, até mesmo para alunos que contem com a ajuda de bolsa parcial do ProUni – Programa Universidade para Todos. Através do Financiamento o estudante tem a possibilidade de adquirir a graduação e posteriormente à sua formatura, quando provavelmente já esteja empregado, pague o valor do curso em parcelas de acordo com  seu orçamento.



Como funciona o FIES?

Após fazer sua inscrição e ser aprovado no FIES, o aluno se torna uma espécie de bolsista; ou seja, durante o curso, o aluno deverá arcar apenas com o valor mensal de 50 reais, até o final do curso (formatura). O aluno não precisa se inscrever no FIES logo no primeiro mês ou ano de faculdade. A qualquer momento do curso ele pode se inscrever no FIES, solicitando o financiamento estudantil.

Após a formatura, o graduando ainda terá 18 meses de carência antes de ter que pagar o valor do financiamento. Os 18 meses são dados justamente para que o aluno consiga arrumar um emprego  e ter condições de quitar o financiamento. Os juros do FIES é de 3,4%.

Aluno ProUni pode participar do FIES?

O aluno que já tem o benefício de bolsa parcial oferecida pelo ProUni também pode financiar sua faculdade através do FIES. Por exemplo, se o aluno tem  bolsa parcial de 50% e a mensalidade custa 800 reais, significa que o valor que o aluno deve pagar mensalmente é de 400 reais. Esses 400 reais que o aluno deve pagar pode ser financiado pelo FIES, com os mesmos juros do aluno que não conta com o benefício do ProUni (3,4%).

Como se Inscrever no FIES?

Para se inscrever no FIES e ter direito ao financiamento da universidade primeiramente é preciso passar pelo processo seletivo de um a instituição de ensino cadastrada no FIES. A lista de instituições pode ser vista no site oficial do programa. Uma vez aprovado no vestibular da universidade, o aluno pode, a qualquer momento do curso, fazer sua inscrição no programa. A inscrição pode ser feita no site oficial do programa e inicialmente não necessita de nenhuma documentação específica.

A segunda etapa é confirmar a inscrição junto à instituição de ensino no qual o aluno está devidamente matriculado como RG ou CNH (dentro da validade), Carteira Funcional, CTPS (carteira de trabalho e previdência Social), CPF, identidade militar (homens maiores de 18 anos).

Além disso, é necessário comprovar residência. Confira alguns dos documentos que são validados como comprovantes de residência: Contas de Água, gás, energia elétrica, telefone fixo, telefone móvel, contrato de aluguel, declaração anual de imposto de renda, boleto bancário de mensalidade escolar ou mensalidade de plano de saúde.

Para saber mais visite a página oficial do FIES: sisfiesportal.mec.gov.br.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

3 comentários em “Como Funciona o FIES – Financie a Faculdade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *