Como Elaborar um Plano de Aula

O plano de aula é a descrição de todas as atividades que serão desenvolvidas num determinado período.

Elaborar um plano de aula é uma tarefa simples, mas costuma confundir estudantes que estão concluindo a licenciatura e professores recém-formados. A partir do planejamento anual, realizado pelo corpo docente em conjunto com a equipe técnica da escola (pedagogo, orientador educacional, etc.) e com a direção, são definidos os conteúdos que serão abordados durante o ano letivo e o prazo para esgotar o assunto com as diferentes turmas.

Para o plano de aula, é preciso estabelecer quantas aulas serão dedicadas a cada tema. É importante manter um relatório atualizado do conteúdo ministrado em ordem cronológica, para corrigir possíveis atrasos, provocados por faltas ou mesmo por dificuldade dos alunos de fixar o aprendizado.



plano de aula

Como Elaborar um Plano de Aula

Além do conteúdo, é preciso estabelecer as fases de aprendizagem, o encadeamento entre elas, os procedimentos estabelecidos para abordar o assunto, o material necessário para predispor os estudantes às atividades e as técnicas de avaliação que serão aplicadas: provas, questionários, chamadas orais, seminários, etc.

É preciso lembrar que o material didático deve refletir a idade das crianças e jovens. Durante a alfabetização, por exemplo, no ensino do “LH”, pode-se propor que os alunos a confecção de um mosaico de “palhaço”, palavra que contém o dígrafo. Já os adolescentes apresentam melhor rendimento com material audiovisual (slides, transparências), debates e trabalhos em grupo.

Para elaborar um plano de aula, é preciso identificar os critérios que, reunidos, farão com que o professor atinja seu objetivo final. É preciso estar atento a alguns quesitos, como adequação dos estímulos, para tornar as aulas mais dinâmicas, ordenação das etapas e flexibilidade. É possível, por exemplo, que os alunos estejam empolgados com uma festa ou assustados com um acidente próximo à escola, e estas situações devem merecer a atenção dos professores.

Uma aula deve ter começo, meio e fim. Na abertura, o professor apresenta os temas. Com alunos maiores, é possível identificar os conhecimentos que a turma já tem sobre o assunto. Feito isto, desenvolve-se os tópicos planejados, sempre verificando o acompanhamento.

+ Leia também: Cursos de Pedagogia a Distância com Certificado

Algumas histórias acessórias podem ser intercaladas durante o desenvolvimento, para aumentar a atenção. Durante o desenvolvimento, pode ser proposta a análise de um texto, uma experiência científica ou a resolução de exercícios. O professor deve estar atento ao nível de dificuldade: tanto a tarefa muito fácil, como a muito complexa, desestimulam os alunos.

+ Confira: Cursos de Pedagogia para Licenciados

É preciso dedicar algumas aulas para garantir a aprendizagem, com leituras paralelas, descrição do experimento realizado, correção dos exercícios. Nesta etapa ocorre a integração do ensino. É importante desenvolver tarefas multidisciplinares, envolvendo vários professores num mesmo conteúdo: o professor de português pode, por exemplo, auxiliar os alunos no entendimento do enunciado de um problema de matemática.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *