Como Conseguir um Bom Emprego sem Faculdade

Nem sempre a faculdade é garantia de um bom emprego. O mercado avalia outras características.

Apenas 12% da população brasileira possuem um diploma de nível superior. Para conseguir um bom emprego sem faculdade, o primeiro passo é investir na formação, em cursos técnicos ou profissionalizantes. Atualmente, falta de tempo e ausência de opções na região não são mais desculpas: é possível encontrar centenas de opções em diversas escolas online. No caso dos chamados cursos livres, que têm pré-requisitos mínimos (como apenas saber ler e escrever, em alguns casos), nem mesmo o deslocamento para as avaliações é necessário.

Os cursos técnicos e profissionalizantes mantêm muitas atividades práticas em suas grades curriculares, facilitando consideravelmente o aprendizado. Outra vantagem: a demanda por profissionais nas áreas técnicas tem aumentado significativamente nos últimos anos. De acordo com a Fundação Getúlio Vargas, 75% dos trabalhadores com curso técnico estão empregados.



emprego sem faculdade

Como Conseguir um Bom Emprego sem Faculdade

Qualificação permanente

Para conseguir um bom emprego (e mantê-lo) em qualquer setor, é necessário estar se atualizando continuamente, além de aumentar o leque de competências. Hoje, no mercado de trabalho, saber informática (processadores de textos, navegação na internet, planilhas eletrônicas, apresentação de slides, etc.) e dominar outros idiomas, especialmente inglês e espanhol são fundamentais para a admissão de novos empregados.

Os cursos extracurriculares online e presenciais são uma atualização extremamente necessária para quem quer conseguir um bom emprego, concorrer a promoções ou requalificar-se para outra área de atuação. Diversas ONGs oferecem cursos gratuitos e as escolas do Sistema “S” concedem bolsas de estudos para estudantes carentes.

Artigos sobre cursos profissionalizantes:

Concursos públicos

Apesar dos muitos concursos realizados nos últimos anos, ainda existe uma grande demanda por servidores públicos em todas as esferas governamentais. Os salários iniciais e os benefícios concedidos são bastante atraentes. Além disto, servidores concursados obtêm estabilidade, o que afasta o fantasma do desemprego.

A média salarial para profissionais de nível médio fica entre R$ 2.500 e R$ 5.000 mensais. Os candidatos precisam se preparar bem, estudando todos os itens constantes do edital do concurso. A concorrência é bastante acirrada. Existem aulas online cujo preço é de apenas R$ 1.

Mais artigos sobre concursos públicos:

empreender

Negócio próprio

O empreendedorismo está em alta no Brasil. Quem possui habilidades em qualquer área – dos reparos automotivos ao fornecimento de quentinhas e salgadinhos – pode se tornar seu próprio patrão, estabelecendo os horários e locais de trabalho. Em muitos casos, é possível trabalhar com apenas um computador conectado à internet, oferecendo serviços de redação, revisão, tradução, direção de arte, web design, etc.

É importante que os profissionais autônomos façam o registro de microempreendedor individual (MEI). Com um pagamento mensal de pouco mais de R$ 40, os trabalhadores ficam protegidos em casos de doenças e mantêm o direito à aposentadoria por tempo de serviço. Confira outros detalhes em www.portaldoempreendedor.gov.br.

Mais artigos sobre empreendedorismo:

empregos sem curso superior

Novos rumos

Quem está percebendo estar estagnado no trabalho, pode conseguir um bom emprego mesmo sem faculdade através de cursos nas mais diversas áreas. Basta fazer uma autoavaliação rigorosa, constatar as qualificações e áreas de interesse e submeter-se aos processos de recrutamento e seleção.

Além dos conhecimentos específicos, é preciso desenvolver também a capacidade de inter-relacionamento, técnicas de atendimento, motivação, liderança, etc. Babás, cabeleireiros, pintores, encanadores, pedreiros e motoristas são alguns exemplos de profissionais que podem ganhar até R$ 6.000 mensais.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *