Cheque Especial – Entenda Como Sair e Quais são os Juros

Conforme dados divulgados pelo Ipea no início do ano de 2013, mais de 35% dos brasileiros se declararam sem condições de quitar suas dívidas pendentes até o final desse mesmo ano. Com essa mesma pesquisa, constatou-se que os maiores vilões do endividamento são o cartão de crédito e o cheque especial, ambos oferecem facilidade, praticidade e conveniência na hora da oferta de dinheiro, que nem parecem se tratar de uma forma de empréstimo feito. Entretanto, esse dinheiro fácil, acaba sendo também um dinheiro que custa caro.

cheque especial

Quais são os Juros do Cheque Especial?

São créditos geralmente disponibilizados pelo próprio banco, de modo que, o limite do cheque especial passa a ser confundido com uma espécie de prolongamento do salário, mas não é! Crentes nisso, as pessoas acabam pagando as taxas de juros mais altas do mercado financeiro que está em torno de 10% ao mês. O hábito de recorrer ao cheque especial pode levar o indivíduo a sempre estar devendo. Mas como se livrar das dívidas do cheque especial? Quais são os procedimentos mais eficazes?



Como sair do Cheque Especial?

Não precisa radicalizar optando pelo cancelamento do limite de seu cheque especial no banco, é preciso saber lidar com essa ferramenta, de uma forma organizada, inteligente e controlada. Uma das primeiras dicas de como se livrar das dívidas do cheque especial é a de estar sempre atento ao seu extrato bancário, cuidado se o sistema já soma automaticamente seu saldo ao valor do limite, dando-lhe a falsa impressão de que há mais do dinheiro do que na verdade se tem, uma vez que o cheque especial é uma quantia que deverá ser utilizada em circunstâncias emergenciais e não para se gastar corriqueiramente.

Outra dica de como se livrar das dívidas do cheque especial em caso de sua situação financeira apertar é a de nem pensar a recorrer ao cheque especial, prefira uma linha de créditos com juros menos custosos e sempre negocie em seu favor.

Uma sugestão importante de como sair do cheque especial é estar sempre atento às contas pagas pelo débito automático, de modo que elas podem vir com um valor errado e serem diretamente descontadas em seu cheque especial. Com isso, além da burocracia de exigir estorno à empresa pela cobrança indevida, há o pagamento de juros muito altos pelo limite excedido.

Mas caso não tenha jeito e tenha de recorrer ao limite do cheque especial, cubra o valor o mais rápido possível, pois, quanto mais tempo demorar, mais altos serão os juros cobrados.


Gostou? Compartilhe nas redes sociais :)

Cursos Gratuitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *